Topo

Vôlei


Mulher é condenada a 1 ano de prisão por ver jogo masculino de vôlei no Irã

Do UOL, em São Paulo

2014-11-02T16:37:00

02/11/2014 16h37

A jovem Ghoncheh Ghavami, de origem britânica, foi condenada a um ano de prisão por ter assistido a uma partida de vôlei masculino. A informação foi divulgado pelo advogado da jovem para a agência Ansa.

A mulher, de 25 anos, foi presa por ter tentado acompanhar um jogo da Liga Mundial de Vôlei, entre Irã e Itália, em junho deste ano. No entanto, a lei do regime xiita proíbe a entrada de mulheres em jogos masculinos.

Após pagamento de fiança, Ghonchen foi liberada, mas acabou presa na sequência. Como protesto pela prisão, a garota chegou a iniciar uma greve de fome.

O Ministério das Relações Exteriores da Inglaterra chegou a manifestar preocupação em relação ao caso de Ghonchen.

Durante o Mundial masculino de vôlei, na Polônia, algumas torcedoras do Irã aproveitaram a exposição da competição para protestar em relação a política de seu país de origem.