Vôlei

Destaque do Flu divide quadras com vida de modelo e namoro com Cavalieri

Reprodução/Instagram
Lara foi campeã pelo Fluminense na temporada Imagem: Reprodução/Instagram

Leandro Carneiro

Do UOL, em São Paulo

27/04/2017 04h00

Lara Nobre foi um dos destaques do Fluminense na última temporada de vôlei. Foi com a central, que namora o goleiro Diego Cavalieri, que o time conseguiu uma surpreendente vitória sobre o Rexona-Sesc, campeão da Superliga, na decisão do Campeonato Carioca. Mas, o vôlei não foi a primeira opção em sua vida.

“Eu comecei jogando vôlei no meu colégio. Lá eu fazia vários tipos de esporte. Meu colégio era voltado a prática esportiva mesmo. Fazia de tudo, mas aula extracurricular eu fiz futebol, natação e ginástica olímpica. O vôlei decidi começar depois, como minha irmã já fazia, às vezes eu tinha que ficar esperando a aula dela acabar para irmos embora. Então ficava lá olhando ela e o pessoal mais velho jogando, pegava a bola e ficava brincando. E então decidi que queria fazer também", disse em entrevista ao UOL Esporte.

Com Lara no time, o Fluminense, além do título carioca, atingiu a meta na Superliga, ficando entre os oito primeiros. A equipe terminou em sétimo. “Quando alcançamos esse primeiro objetivo, começamos a almejar outros, como passar para a semifinal. Infelizmente, não passamos, sabíamos da dificuldade que seria e mesmo assim, ao fim da temporada, todos pareciam satisfeitos com o que fizemos".

Defender o Fluminense foi uma mudança considerável para Lara. Ela, que já havia defendido clubes como Vôlei Nestlé e Pinheiros, trocou de cidade e ainda foi para uma equipe que começava um projeto na elite do vôlei.

“Sinceramente, quando fechei com o Fluminense ano passado, eu fiquei um pouco apreensiva em relação à estrutura. Essa era minha única insegurança, não tinha noção de como seria, como eles eram. Mas felizmente me surpreendi. Eles estavam super organizados, conseguiram montar uma estrutura ótima igual aos clubes que passei. Não nos faltou absolutamente nada e tudo da melhor qualidade. Agora reformaram o piso do ginásio, o que aumentou mais ainda o nível da estrutura do clube”, afirmou.

Namoro com Cavalieri

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Além da estrutura do clube, Lara ainda conseguiu ficar perto do namorado com a mudança para o Rio. Ela tem um relacionamento com o goleiro Diego Cavalieri, titular da equipe de futebol do Fluminense. A atleta prefere não entrar muito em detalhes, mas revelou como eles se conheceram quando ela ainda atuava em São Paulo.

“Eu e o Diego nos conhecemos no Rio de Janeiro, na época eu jogava em São Paulo, fui participar de um campeonato onde os treinos eram no Rio de Janeiro, tínhamos amigos em comum e acabamos nos conhecendo”, falou.

“(O namoro) Não aumentou não o assédio de fãs, para mim está tudo na mesma. Claro que existem pessoas que torcem muito pelo Fluminense e por ele, que vem falar comigo. Mas no geral tudo normal”, complementou.

Vida de modelo

Lucas Mendes/Divulgação
Lara faz ensaio para a marca Luisa Schroder e para fotógrafo Imagem: Lucas Mendes/Divulgação

Não é apenas no vôlei que Lara tem conseguido sucesso. A atleta tem emplacado também na carreira de modelo, onde realiza alguns trabalhos fotográficos para marcas de roupa e joias.

“Quando eu era nova me chamaram algumas vezes para fazer trabalhos de modelo, mas eu morria de vergonha. E de uns tempos pra cá, resolvi que iria fazer umas fotos por conta própria e adorei o resultado. Postei algumas na minha conta do Instagram e depois disso apareceram outras pessoas querendo fazer fotos minhas e aceitei, e por aí foram surgindo outras oportunidades que eu nem esperava. E hoje, o que aparece que eu acho legal, interessante a ideia ou a marca, eu tenho feito. Fiz agora para uma marca de joias, ficou bem bonito”, falou.

Uma das razões do sucesso no vôlei, a altura era um tema que incomodava Lara quando era mais nova. Depois de passar a conviver com pessoas do mesmo tamanho, as coisas melhoraram.

“Quando eu era nova me incomodava muito ser alta. No colégio principalmente, eu destoava demais dos outros e isso me deixava com vergonha muitas vezes. Mas depois que fui jogar vôlei em clube e tinham pessoas iguais ou até mais altas que eu, dei uma relaxada. Mesmo assim, fora desse mundo do vôlei muitas vezes me sentia incomodada, as pessoas comentam, olham, mas hoje encaro de outra forma e gosto da minha altura, acho bonito”, finalizou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
LancePress
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
UOL Esporte
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Esporte(ponto final)
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Esporte(ponto final)
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Esporte Ponto Final
Topo