Vôlei

Evandro e André vencem austríacos e conquistam Mundial de vôlei de praia

 AFP PHOTO / APA / EXPA/SEBASTIAN PUCHER
Evandro e André comemoram ponto no Mundial de Vôlei de praia Imagem: AFP PHOTO / APA / EXPA/SEBASTIAN PUCHER

Do UOL, em São Paulo

06/08/2017 11h09

A dupla ainda é nova, mas já fez história. Evandro e André representaram o Brasil na grande final do Mundial de vôlei de praia, em Viena, na Áustria e bateram a dupla formada pelos donos da casa Clemens Doppler e Alexander Horst por 2 sets a 0 (23 a 21 e 22 a 20). 

"Esse cara é sinistro. O que ele fez no primeiro set ficou para a história", disse André sobre o parceiro Evandro após a conquista do ouro. 

Os brasileiros formaram a dupla recentemente, mas mostraram força no Mundial, primeiro de duplas do Brasil a não ter os grandes Ricardo e Emanuel. Evandro e André estão atualmente na oitava colocação do ranking mundial e ainda tiveram a torcida contra para encarar os veteranos Doppler e Horst.

Foi o primeiro Mundial de André, que com apenas 22 anos, aceitou formar dupla com Evandro no começo de 2017. O jovem que fará 23 anos ainda em agosto foi o grande destaque da partida com bons bloqueios e ataques. 

A partida não foi fácil e o placar foi apertado desde o começo do duelo com brasileiros e austríacos revezando à frente do placar.

 

Doppler e Horst chegaram a liderar o primeiro set com mais folga, mas Evandro e André se acertaram na areia e conseguiram quebrar a empolgação austríaca.

A virada de bola deu segurança à equipe e André foi para rede bloquear mais. Ajudando o passe, a equipe brasileira conseguiu virar no final do set e fechar em 23 a 21. Foram sete aces e quatro bloqueios do Brasil na etapa.

A pressão caiu toda em cima dos austríacos no segundo set, que originou ainda mais erros dos rivais. Graças a isso, Evandro e André chegaram a abrir três pontos. Diferente da primeira etapa, os brasileiros conseguiram ficar à frente do placar.

A principal arma de Evandro e André era o bloqueio, que obrigou a dupla austríaca a repensar a partida com menos jogadas de força. A tática funcionou e chegou a assustar o Brasil. Os donos da casa chegaram a empatar o jogo no final em 19 a 19, mas não foi suficiente. Com a "formação perfeita", Evandro sacou, os adversários deixaram passar e André cravou o ponto da vitória na areia. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Topo