Vôlei

Lula e Bolsonaro sofreram ações como de Bernardinho, mas foram absolvidos

Divulgação / FIVB
24.05.2014 - Bernardinho e Bruninho se alinham para ouvir o hino nacional Imagem: Divulgação / FIVB

Do UOL, em São Paulo

15/12/2017 20h27

Representações do Ministério Público Eleitoral por propaganda antecipada, como a apresentada contra Bernardinho no Rio de Janeiro nesta sexta-feira, não são novidade na política brasileira. Todos os anos dezenas de políticos respondem a ações de tipo e, no âmbito federal, em 2017, Luiz Inacio Lula da Silva e Jair Bolsonaro já foram julgados e absolvidos.

Os dois pré-candidatos à presidência entraram na mira do MPE em virtude de vídeos divulgados em suas redes sociais: Bolsonaro divulgou vídeos sendo aclamado por eleitores em aeroportos em cidades brasileiras, enquanto Lula divulgou imagens em uma academia, ao som da trilha sonora do filme “Rocky, um lutador”, e as palavras “Ele está voltando”.

O Tribunal Superior Eleitoral julgou as representações no última dia 5, e tanto Lula como Bolsonaro não foram condenados: em ambos os casos, a maioria de ministros considerou que não houve pedido explícito de votos, requisito para a aplicação de multa, que varia de R$ 5 mil a R$ 25 mil.

Bernardinho virou alvo da Procuradoria Eleitoral do Rio de Janeiro por palestras, entrevistas e atuação nas redes sociais. Segundo a denúncia, o ex-treinador de vôlei “expõe metas (…), planeja montar equipe (…) e conclama pessoas”, em uma propaganda antecipada para candidatura ao Governo do Rio de Janeiro.

Para Bernardinho, o MPE pede pena máxima, com aplicação de multa de R$ 25 mil, além do fim da veiculação de todo o conteúdo. O ex-comandante das seleções masculina e feminina de vôlei é filiado do partido Novo, mas sua candidatura ainda não foi confirmada.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Redação
Blog Saída de Rede
Redação
Redação
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Redação
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Topo