Topo

Vôlei

Jaque desabafa: "Quero provar que posso fazer outras coisas além de jogar"

David Ramos/Getty Images
Imagem: David Ramos/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

30/10/2018 22h34

Na noite desta terça-feira (30), Jaqueline fez um breve desabafo em live para seus seguidores no Instagram. Segundo ela, a pergunta que mais se repetiu nas mensagens dos seguidores foi sobre a vontade dela de voltar a jogar vôlei ainda neste ano.

"Esse ano não vou jogar porque não deu certo. Tenho outros projetos, por enquanto. Quero provar que posso fazer outras coisas além de jogar vôlei", contou a atleta.

Jaqueline também explicou por que está fora das quadras por enquanto. "Tive opção de jogar fora do país, mas quero estar perto da minha família. Foi uma opção minha. Não quero pegar um avião e enfrentar 12 horas para ver meu filho", disse.

A atleta contou que vinha treinando para mudar de posição antes da pausa, mas que acabou não dando certo. "Estava pensando em ser líbero, mas foi uma tristeza para mim quando eu tive de viajar como atacante. Quebrou a rotina que eu estava treinando. Estava curtindo demais, só que, infelizmente, não deu certo", esclareceu. 

Para manter o corpo em dia, Jaqueline disse que vem treinando de outras formas. "Estou malhando para não perder meu físico e vou começar a treinar na areia, porque eu acho que exige mais do corpo. Isso não quer dizer que eu vá jogar na areia. Acho difícil, teria que praticamente reaprender a jogar".

Alguns internautas sugeriram que ela se torne blogueira para dar dicas de maquiagem ou invista na carreira de modelo. "Tenho o sonho de desfilar, mas acho que tenho de emagrecer muito para isso", respondeu.

"Elas são altas, mas eu passo um pouco da altura. Sinto um certo preconceito que eu quero mudar. Quero que as pessoas olhem para a gente, que é mais alta, de forma normal. Quero que olhem pra gente como olham pra todo mundo. A primeira coisa que me falam quando me olham é :'Nossa, como você é alta'. Quero mudar isso. Também tem o preconceito por eu ter sido atleta, jogadora de vôlei", lamenta

Para finalizar, ela avisou: "Eu sei que muita gente queria que eu voltasse a jogar. Quem sabe no ano que vem. Se eu tiver de ir para fora no ano que vem, se for por pouco tempo, talvez eu irei. Não me aposentei, quero deixar isso claro".