Topo

Vôlei


Tifanny fica no bloqueio e está fora da Superliga; Praia Clube vai à final

Do UOL, em São Paulo

08/04/2019 20h38

O Praia Clube (MG), atual campeão da Superliga Feminina, disputará a final pelo segundo ano seguido. Na noite de hoje (8), o time mineiro voltou a vencer o Sesi/Bauru (SP), novamente por 3 a 0 (25-18, 25-21 e 25-14), em Uberlândia, e se classificou para a grande decisão.

Assim como já havia ocorrido no primeiro jogo, que teve vitória do Praia por 3 a 0 (25-15, 25-15 e 25-20), Tifanny encontrou dificuldade para superar o bloqueio adversário. Em sua primeira oportunidade, a ponteira viu Nicole Fawcett barrá-la e pontuar.

A equipe do Sesi chegou a ficar na frente por alguns instantes no segundo set, mas o Praia evitou a ameaça de virada. Inspirada, Carli Lloyd foi mais uma a bloquear Tifanny e ampliou a vantagem. O Bauru até tentou se aproximar do rival na parcial mais equilibrada do jogo, mas não conseguiu.

O terceiro set não mudou o panorama da partida. Quando o Praia Clube abriu diferença de sete pontos com 15-8, Tifanny foi substituída por Vanessa Janke, e só voltou quando seu time perdia por 22-12. Do outro lado, Fernanda Garay animou o público ao pontuar com uma bola que parecia perdida.

A própria Tifanny evitou o que teria sido o primeiro match point do Praia, mas Paula Borgo fechou a série e deu a vitória ao atual campeão. Com 35,1% dos votos, a aniversariante Carol foi eleita melhor jogadora em quadra no troféu "Viva Vôlei".

"O nosso time vem crescendo ao longo da temporada, e agora a gente mostrou a força de um grupo. O Bauru demonstrou ser um grande adversário, mas era isso que a gente buscava: crescer não só tecnicamente, mas também como grupo", disse Carol ao SporTV.

A eliminação de Tifanny ocorre pouco mais de uma semana depois da polêmica envolvendo o técnico Bernardinho, que questionou uma jogada da atleta trans com a frase "Um homem. É f...", e a ex-jogadora Ana Paula, que saiu em defesa do treinador em meio à polêmica.

A CBV ainda não divulgou as datas da final, mas é possível que o adversário do Praia Clube seja definido ainda hoje, no confronto entre Itambé/Minas (MG) e Osasco-Audax (SP). O duelo acontece a partir das 21h30 (de Brasília), em Osasco.

O Minas levou a melhor na primeira partida por 3 a 1 (24-26, 25-15, 25-17 e 25-13), e avançará à final se vencer novamente. No entanto, em caso de vitória do Osasco-Audax, haverá um terceiro jogo em Belo Horizonte no dia 12.