Topo

Vôlei


Seleção iraniana de vôlei fica detida por quatro horas em aeroporto dos EUA

Jogadores do Irã durante jogo da Liga das Nações  - Xinhua/Ahmad Halabisaz
Jogadores do Irã durante jogo da Liga das Nações Imagem: Xinhua/Ahmad Halabisaz

Do UOL, em São Paulo

10/07/2019 13h24

A seleção de vôlei do Irã foi detida por mais de quatro horas no aeroporto de Chicago, nos Estados Unidos, enquanto tentava entrar no país para a disputa da fase decisiva da Liga das Nações da modalidade. O caso aconteceu no último sábado (06).

De acordo com o jornal "Jerusalem Post", o elenco foi detido pelas autoridades logo após desembarcar no O'Hare International Airport. Segundo o treinador do time, todos tiveram que responder perguntas "sem nexo". Enquanto isso, a seleção polonesa foi liberada para deixar o local imediatamente.

Questionada sobre o fato, as autoridades responsáveis pela segurança do aeroporto disseram apenas que "procedimentos normais foram realizados."

A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) demonstrou preocupação com o incidente e passou a trabalhar com as autoridades norte-americanas para que algo assim não aconteça novamente.

A seleção iraniana vai encarar a Polônia amanhã (11) e o Brasil na sexta-feira (12).