! Tande e Franco fazem em Natal a primeira decisão do ano - 08/10/2005 - UOL Esporte - Vôlei de praia
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  08/10/2005 - 19h46
Tande e Franco fazem em Natal a primeira decisão do ano

Da Redação
Em São Paulo

Os atuais campeões brasileiros Tande e Franco farão neste domingo a primeira final nesta temporada do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia. Na decisão em Natal, eles enfrentarão Murilo e Fabinho (PE/CE), às 10h45. Na disputa do bronze, Ricardo/Emanuel (BA/PR) terá pela frente Fred/Paulo Emílio (RJ/BA), parceria que saiu do qualifying.

Neste sábado, Tande e Franco precisaram vencer três vezes. Na primeira partida, eles derrotaram Fábio Guerra/Jorge (RJ/PB) por 2 a 1, parciais de 18/14, 15/18 e 15/07. Depois, passaram por Alex/Luizão (MS/AM) em dois sets, 32/20 e 18/14. Nas semifinais, o confronto foi com Ricardo/Emanuel (BA/PR) e a vitória foi por 2 a 0 (18/10 e 18/16).

"Nós, que estamos no vôlei há muito tempo, não podemos ficar na última posição como aconteceu em Fortaleza. Temos que procurar estar sempre na vitrine e trabalhamos para isso", comentou Franco, que aposta em uma boa reta final na temporada: "O ano não teve tantos bons resultados, mas ainda temos alguns torneios pela frente. É importante terminar bem para começar 2006 com tudo".

O cearense disse que jogou mal a etapa anterior, quando estava em casa. Segundo ele, a dupla conseguiu colocar a cabeça no lugar e mostrou seu poder de superação em Natal:

"Estava faltando essa alegria. O circuito é muito forte, mas sabemos que temos time para ficar sempre entre os cinco primeiros", analisou Franco, que não vê favoritos na decisão de amanhã:

"As pessoas condicionam o favoritismo ao currículo, mas o Murilo e o Fabinho estão fazendo uma campanha belíssima. Espero que estejamos bem para fazer um grande espetáculo. E vencerá quem estiver melhor", completou.

Os elogios de Franco aos adversários não foram em vão. Se na semifinal, eles tiveram a tarefa facilitada já que Fred e Paulo Emílio não puderam atuar (o baiano sentiu uma contusão no joelho direito), o caminho anterior da dupla foi bem complicado. Primeiro, eles passaram por Bruno Schmidt e Adriano Fonseca (DF/ES) com um 2 a 0, parciais de 18/11 e 18/15. Em seguida, bateram os campeões da etapa anterior Juca e Pedro Grael (BA/RJ) por 2 a 1 (18/16, 12/18 e 15/13.

Nas quartas-de-final, Fabinho e Murilo eliminaram os líderes do ranking Márcio e Fábio Luiz (CE/ES) com uma vitória por 2 a 1, parciais de 23/21, 15/18 e 15/12. Fabinho, irmão mais novo de Márcio, comemorou ainda mais o resultado porque quer homenagear a esposa Germana e o filho que está por vir.

"Fiquei sabendo nesta semana que minha esposa está grávida. Quero agradecer a Deus e à barriga da minha esposa. Tenho que começar a ganhar mais dinheiro para comprar o leite do meu filho", brincou Fabinho.

Fabinho deslocou o dedo da mão esquerda na última etapa, em Fortaleza, e está jogando o torneio com dores. O cearense disse que temeu não ter condições de disputar o tie-break contra os campeões mundiais. No final, ele e seu parceiro Murilo fecharam a partida em 2 a 1, parciais de 23/21, 15/18 e 15/12.

"Jogamos com alegria e rodamos bem a bola. Tivemos que encarar o bloqueio gigante do Fábio Luiz e conseguimos driblar bem a muralha", comentou Fabinho, que havia perdido para seu irmão na única vez em que se enfrentaram na temporada, em Sinop. Segundo suas contas, porém, o irmão continua com boa vantagem no confronto direto.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias