UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

22/05/2006 - 21h05

Andréia deixa o Pinheiros e será a 1ª brasileira a jogar na Coréia

Da Redação
Em São Paulo
Aos 23 anos, a meio-de-rede Andréia Sforzin vai encarar uma novidade na carreira. Depois de 10 anos jogando em São Paulo, a jogadora vai defender um time coreano na próxima temporada. O convite do GS Caltex surgiu depois da Superliga, quando ela foi um dos grandes destaques da sua posição, terminando como a terceira melhor atacante.

Este será o primeiro ano que as coreanas vão ter atletas estrangeiras nos seus times. "Vai ser uma experiência nova para mim e para eles, por isso vai ser tudo meio que uma fase de adaptação mesmo. Mas estou muito animada e tenho certeza que vai ser uma ótima experiência", afirmou a jogadora, lembrando que o masculino já tem atletas de fora.

Outras atletas brasileiras, que atuam no país e também fora, também foram sondadas por equipes coreanas para a próxima temporada. E além do GS Caltex, outros times vão contratar estrangeiras, o que vai elevar ainda mais o nível do campeonato.

No seu time, Andréia já tem uma conhecida, mesmo sendo coreana. "A nossa final do Campeonato Mundial Juvenil foi contra a Coréia e tem uma atleta que já era da seleção e que é do GS. Disputamos o título uma contra a outra e, ainda bem, o Brasil foi campeão", brincou.

Andréia ficou satisfeita com suas companheiras e seu técnico, Hee-Wan Lee, que era treinador na seleção feminina da Alemanha e voltou para Coréia para comandar o GS Caltex. "Ele é um bom profissional e está voltando para a Coréia agora. Vamos chegar juntos no time e isso me dá ainda mais segurança. Ele foi jogador na Alemanha e na Coréia e tem bastante experiência", comentou.

Contratação
A última semana foi de experiência no novo país. "Fui até lá para conhecer primeiro. Só depois que visse a cidade, a estrutura do time, as jogadoras, comissão técnica, enfim, tudo que vai me cercar por lá, que decidiria se ia assinar ou não. E como foi tudo muito legal, resolvi fechar contrato com eles. O contrato é de um ano, mas não vou precisar ir para lá agora", explicou Andréia.

A jogadora vai se dedicar aos treinos em São Paulo até agosto, quando vai para a Alemanha junto com o seu time para a pré-temporada. Andréia ainda vai ter uma semana de folga no Brasil depois disso para, no começo de setembro, ir para a Coréia se juntar à nova equipe e disputar o Campeonato Coreano.

Hospedagem: UOL Host