Novatas no basquete, cheerleaders do Pré-Olímpico se apaixonam por Tiago Splitter

Daniel Neves
Em Mar Del Plata (Argentina)

A vaga olímpica ainda está distante, mas o pivô Tiago Splitter já pode comemorar uma conquista em Mar del Plata. Desejo de muitos marmanjos no ginásio Ilhas Malvinas, as cheerleaders do Pré-Olímpico das Américas elegeram o jogador como o mais bonito da competição e se mostraram apaixonadas pelo brasileiro.

CHEERLEADERS DÃO SHOW NA ARGENTINA

"[O mais bonito do Pré-Olímpico] É o 15 do Brasil, o... Tiago", disseram as dançarinas, praticamente ao mesmo tempo. "Tiago, me chamo Florencia Cella e te mando um beijo", brincou a mais assanhada da turma.

Se Splitter faz sucesso entre as animadoras, o mesmo não ocorre com a seleção argentina. As dançarinas "torceram" o nariz ao falar da beleza dos astros da geração dourada e admitiram que ainda estão conhecendo melhor todos os jogadores do time local.

"Conhecemos a todos. De nome. Manu [Ginóbili], Scola... Quem mais? Ainda estamos estudando", admitiu a capitã Paulita Attwell.

Animar partidas de basquete tem sido uma nova experiência para o grupo, formado há menos de um ano. As complicadas regras da modalidade ainda estão sendo aprendidas pelas dançarinas, que se divertem com seu desconhecimento do esporte.

"Começamos com isso faz pouco tempo, mas estamos muito contentes", disse Paulita. "É nossa primeira vez em um torneio tão grande e estamos gostando muito de estar aqui. Estamos aprendendo muito. Já sabemos o que é um quarto, um tempo técnico", brincou a dançarina.

Além de Paulita e Florencia, a equipe é formada por outras oito dançarinas, todas argentinas radicadas em Buenos Aires e bailarinas de formação. De acordo Lucas Mutuverria, responsável pelo grupo, as dançarinas treinam de três a quatro vezes por semana, sendo aproximadamente três horas de trabalho em cada prática.

Alvo de alguns torcedores "mais animados", as dançarinas minimizam as cantadas que recebem das arquibancadas. Elas classificam o carinho dos fãs como "respeitoso", mas admitem que a função exige muita paciência de seus namorados. "Não é muito fácil, mas se ele te ama tem que entender", comentou a capitã.

Cheerleaders
Cheerleaders


Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos