${estacao.titulo} Futebol

Mercado da Bola

Confira tudo o que acontece no mercado do futebol nacional

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2013/04/18/pai-ve-fim-do-ciclo-de-neymar-no-brasil-em-2014-e-confessa-vantagem-terei-100.htm
  • Pai vê fim do ciclo de Neymar no Brasil em 2014 e confessa vantagem: "terei 100%"
  • 18/04/2014
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Neymar tem contrato com o Santos até julho de 2014 e não deve seguir no clube

Neymar tem contrato com o Santos até julho de 2014 e não deve seguir no clube

18/04/2013 - 15h20

Pai vê fim do ciclo de Neymar no Brasil em 2014 e confessa vantagem: "terei 100%"

Samir Carvalho
Do UOL, em Santos (SP)

Neymar da Silva Santos, pai e empresário do atacante Neymar, admitiu pela primeira vez que seu filho “terá cumprido uma etapa no Brasil” após o término de seu contrato com o Santos, em julho de 2014. O pai do principal jogador do futebol brasileiro ainda enfatizou a vantagem contratual que terá após a Copa do Mundo no Brasil, pois passará a ter 100% dos direitos econômicos do filho.

"O Santos vai dar o primeiro passo (para uma renovação), não o Neymar. Terei 100% dos direitos dele daqui a oito meses. Para que o desespero de sair agora? Ele vai cumprir e, depois, seguir a vida dele. Será um dos primeiros jogadores a cumprir todo o contrato. Quem cumpriu? O Neymar cumpriu todos", afirmou Neymar pai em lançamento da revista em quadrinhos que leva o nome de “Neymar Jr.”.

"Até o fim do contrato é certeza (que o Neymar permanece). Diria que tem 100% de chances de ficar até o fim do contrato. Depois? A gente não sabe, não posso dizer. Acho que em 2014 ele vai ter cumprido uma etapa no país passando uma Copa do Mundo jogando no futebol brasileiro. Depois, ele tem eu, como pai, para pensar profissionalmente e ir, escolher algum clube na Europa, mas hoje queremos cumprir o contrato", completou. 

Apesar prever a saída do filho em 2014, o pai de Neymar reiterou que o contrato com o Santos será cumprido até o fim. Em contrapartida, o representante do jogador não vê mais motivos para outra renovação contratual, e reduz as esperanças da diretoria santista em manter o craque após a Copa do Mundo.

“Estamos conversando, tentando achar uma formula, não temos como fazer, o que mais fazer para ele ficar aqui? Mais dinheiro, mais percentual, o que? Tem de ter um projeto e um motivo para ele ficar, atravessar mais uma renovação para 2018, 2017. A gente vai fazer uma renovação para todo mundo especular mais três anos? É melhor fazer em julho de 2014, que ai ele decide se vai ficar ou vai embora”, disse Neymar pai, que também fez questão de dizer que Neymar não rejeitou propostas de Barcelona e Real Madrid, da Espanha, novamente.  

“Não rejeitamos, acha que vamos rejeitar proposta do Barcelona ou Real Madrid? Ele tem um contrato a cumprir. Então não é rejeição. “Não aceitamos”. Temos de cumprir contrato com o Santos. O Santos não vende e o Neymar não sai”, disse.

Neymar tem contrato com o Santos até julho de 2014, com opção de renovação por mais um mês, caso o time da Vila Belmiro esteja disputando a Copa Libertadores da América. O vínculo do craque com o clube vencia em fevereiro de 2015, mas foi reduzido em agosto de 2011 sob alegação do presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro de um “projeto pioneiro”.

O direitos econômicos de Neymar estão divididos da seguinte forma: 55% pertencem ao Santos, 40% a DIS, braço esportivo do Grupo Sonda, e 5% a Teisa, grupo de empresários formado por alguns conselheiros influentes do clube.

O pai de Neymar ainda ressaltou a inexistência de um contrato cível do Barcelona com seu filho, informação divulgada pelo jornal Sport. "Eu seria muito inocente de acreditar em uma especulação como essa, não tem como vender sem ter segurança ainda mais com clubes da Europa. É idiota, legalmente não dá para ser feito. Como fazer tantos anos antes?", concluiu.

Placar UOL no iPhone