Após cirurgia, médico diz que Schumacher está lutando pela vida

Das EFE
Em Paris (França)

Veja Também

O estado de saúde do piloto Michael Schumacher ainda é crítico, dizem os médicos. O alemão, que se envolveu em um grave acidente enquanto esquiava em Saboia, na França, foi submetido a uma intervenção cirúrgica, no hospital de Grenoble, e segue "lutando pela vida".

"Ele está em uma situação crítica. Podemos dizer que o seu prognóstico de vida é incerto. Seu estado é muito grave", declarou o Dr. Jean-François Payen, do hospital de Grenoble, em coletiva de imprensa. 

"Ele foi colocado em coma artificial. Tentamos reduzir o edema cerebral, tanto quanto possível, para reduzir a pressão no cérebro. Ele foi operado uma vez, a intervenção ocorreu sem grandes dificuldades", disse o médico. Atualmente não há outras cirurgias planejadas.

Payen também afirmou que o quadro do ex-piloto só não é pior porque ele estava usando capacete no momento do acidente. Os médicos não falaram sobre possíveis sequelas, mas Schumacher ainda corre risco de morte.

"É muito cedo para falar do futuro. Por ora, não falaremos sobre sequelas. Nós falamos de tratamentos e trabalhar hora a hora. Nós vamos tentar ganhar tempo e tentar nos dar algum tempo também. Nós sabemos exatamente o que esperamos desses tratamentos", completou Payen.   

O porta-voz do hospital também falou com a imprensa e revelou que o ex-piloto poderá ter sequelas: "Infelizmente, ele tem algumas lesões em seu cérebro".

Em comunicado anterior, foi esclarecido que o ex-piloto de Ferrari e Mercedes havia sofrido um "traumatismo craniano grave". Ele acabou sendo induzido ao coma e necessitou de uma imediata intervenção neurocirúrgica.

'Schummi', de 44 anos, esquiava com seu filho fora das pistas sinalizadas da estação de Méribel de esqui, e acabou sofrendo um acidente ao bater a cabeça contra uma pedra. No primeiro momento, ele ainda encontrava-se consciente, antes de ser levado ao hospital local. Quando os médicos constataram a gravidade do ocorrido, ele foi transferido para o hospital da cidade de Grenoble.

Esqui é uma das atividades favoritas de Schumacher, que possui uma residência na estação de Méribel. A região integra um dos centros de esqui mais importantes dos alpes franceses.

Michael Schumacher
Michael Schumacher

Notícias relacionadas



Shopping UOL