Basquete

Warriors espantam fantasma, batem Cavaliers e são campeões da NBA

Ezra Shaw/Getty Images/AFP
Golden State Warriors fatura título da NBA pela primeira vez dentro de sua casa Imagem: Ezra Shaw/Getty Images/AFP

Do UOL, em São Paulo (SP)

13/06/2017 00h44

O Golden State Warriors não quis saber de emoção. Nesta segunda-feira (12), na Oracle Arena, a franquia californiana espantou o fantasma da temporada passada, venceu o Cleveland Cavaliers por 129 a 120 e tornou-se campeã pela primeira vez dentro de sua casa. O destaque da partida ficou por conta de Kevin Durant novamente sobrou dentro de quadra, faturou seu primeiro título na liga e ainda foi eleito o MVP das Finais.

Durant não foi o cestinha, mas terminou a partida com incríveis 39 pontos, sete rebotes e cinco assistências. Stephen Curry também teve um ótimo desempenho: conseguiu um duplo-duplo (quando o jogador consegue pelo menos dois dígitos em dois fundamentos) com 34 pontos e 10 assistências. O maior pontuador da partida foi LeBron James, que, mesmo com 41 pontos, não evitou a derrota dos Cavaliers.

A vitória, além de consolidar o Golden State Warriors como melhor equipe da liga, serve para afastar a desconfiança que já começava a rondar a Califórnia. Isso porque, após a última derrota, a série havia ficado em 3 a 1, como na temporada passada, quando o Cleveland Cavaliers conseguiu a maior virada da história das finais e consagrou-se campeão no sétimo jogo.

Ezra Shaw/Pool/USA TODAY Sports
Kevin Durant foi mais uma vez decisivo na vitória do Golden State Imagem: Ezra Shaw/Pool/USA TODAY Sports

A conquista é a segunda em três anos para os Warriors - ainda perdeu uma final, também contra o Cleveland Cavaliers. Antes de 2015, a franquia já havia sido campeã em outras duas oportunidades na NBA: em 1956, como Philadelphia Warriors, e 1975, já como Golden State. Eles ainda acumulam um título em 1947, ainda na Filadélfia, mas pela BAA (Basketball Association of America).

O título coroa uma temporada quase que perfeita para o Golden State Warriors – principalmente na pós-temporada. Com 15 triunfos em 15 jogos, a equipe se tornou a dona da maior sequência vencedora da história dos playoffs da NBA. Os comandados por Steve Kerr ainda tiveram a oportunidade de fechar a séria na última partida, com 100% de aproveitamento, mas a derrota para o Cleveland impediu que mais uma marca fosse deixada para trás.

Ezra Shaw/Getty Images/AFP
Iguodala cravou após deixar LeBron James para trás Imagem: Ezra Shaw/Getty Images/AFP

Assim, os Warriors terminam os playoffs com 16 vitórias e apenas uma derrota, marca parecida com o que conseguiu o Los Angeles Lakers na temporada 2000/01. Liderados pelos astros Shaquille O'Neal e Kobe Bryant, a equipe teve apenas um tropeço em 16 jogos da pós-temporada - acumularam 11 triunfos seguidos, mas perderam o jogo de abertura das Finais da NBA para o Philadelphia 76ers, então liderado por Allen Iverson.

CAVS FORÇAM, MAS WARRIORS SEGURAM

Mesmo fora de casa, o Cleveland Cavaliers tentou utilizar a mesma estratégia da última partida, quando forçou o ritmo logo no primeiro quarto e conseguiu uma vantagem importante para sair com a vitória no quarto jogo da série. E, mais uma vez, deu certo. Com LeBron James e Kyrie Irving inspirados - cada um anotou 12 pontos na primeira parcial -, os Cavs tiveram um ótimo momento, abrindo oito pontos. No entanto, Curry também começou bem e, com os mesmos 12 pontos, conseguiu deixar a diferança em quatro ao final do tempo: 37 a 33.

BANCO FUNCIONA, E GOLDEN STATE DECOLA

A vantagem de quatro pontos dos Cavs não durou muito tempo. Na volta para o segundo quarto, além do ótimo desempenho de Curry e Durant, o banco de reservas do Golden State foi mais uma vez efetivo, muito melhor do que o do rival, o que fez diferença. Igodala, Livingston, McCaw e West somaram para 19 pontos ao final do primeiro tempo, enquanto Richard Jefferson, Kyle Korver, Deron Williams e Iman Shumpert anotaram apenas dois. No intervalo, o placar marcava 71 a 60 para os donos da casa.

CLEVELAND ENCOSTA; DURANT BRILHA

O trio formado por LeBron, Irving e Tristan Thompson continuou funcionando no terceiro quarto, e os Cavs conseguiram diminuir a diferança para apenas quatro pontos no final do terceiro quarto. Além dos três, quem também apareceu foi JR Smith, que até o final do terceiro quarto estava com 100% de aproveitamento nas bolas de três (5/5). Mas, do outro lado, estava Kevin Durant. O ala, com a mão calibrada, manteve os Warriors na partida, guardando bolas importantíssimas em momentos delicados para os donos da casa. A vantagem do Golden State para Cleveland terminou em apenas cinco pontos.

No último período, o Golden State voltou a disparar. Com ótimo aproveitamento no ataque, encaixou uma boa marcação e, rapidamente, voltou abrir pelo menos 10 pontos no marcador. Cleveland, com LeBron tentando o impossível, desperdiçou muitos ataques e deu adeus ao sonho do bicampeonato na melhor liga de basquete do mundo.

SEM RECORDE, MAS COM O BOLSO CHEIO

Ezra Shaw/Getty Images/AFP
Oracle Arena esteve mais uma vez lotada de torcedores do Golden State Imagem: Ezra Shaw/Getty Images/AFP

É verdade que o Cleveland Cavaliers evitou uma pós-temporada perfeita para o Golden State Warriors, mas Joe Lacob, dono da franquia california, não deve ter ficado triste com a última derrota e a decisão dentro de casa. Com mais uma partida na Oracle Arena, os Warriors garantiram mais uma renda, já que cada jogo de playoff da equipe em sua arena gera cerca de US$ 7,5 milhões (R$ 24 milhões) em receita apenas de ingressos (sem falar o que se ganha dentro do ginásio com alimentação) - o Blog Bala na Cesta destrinchou um levantamento da ESPN norte-americano sobre essa situação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Bala na Cesta
Redação
EFE
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
UOL Esporte
Bala na Cesta
Bala na Cesta
EFE
UOL Esporte
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
EFE
Bala na Cesta
EFE
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Redação
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Redação
Redação
Bala na Cesta
UOL Esporte
UOL Esporte
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Redação
Bala na Cesta
EFE
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Redação
Reuters
Bala na Cesta
Topo