Gilvan promete ir às compras, mas cita DM cheio para justificar má fase

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Cruzeiro/Divulgação

    Reforços ainda estão por vir, mas alguns deles se encontram no DM do Cruzeiro

    Reforços ainda estão por vir, mas alguns deles se encontram no DM do Cruzeiro

Cada vez mais pressionado por causa dos resultados abaixo do esperado, o presidente Gilvan de Pinho Tavares se movimenta para tentar reforçar a qualidade do elenco do Cruzeiro e ter dias mais tranquilos daqui para frente. Em entrevista ao programa Alterosa Esporte, do canal SBT, o presidente destacou que o clube não vai medir esforços para trazer bons nomes, mas também lembrou que alguns 'reforços' para o decorrer do ano já se encontram no clube e estão sendo recuperados pelo departamento médico.

"O Cruzeiro vai trazer reforços. Nós estamos cheio de atletas no departamento médico que estão sendo recuperado agora e esses atletas fazem falta à equipe principal do Cruzeiro. A gente está enxergando lá no rival que tá acontecendo a mesma coisa, porque está faltando peça no elenco principal e essas peças estão fazendo falta de tal forma que eles também não estão conseguindo deslanchar e ganhar com a ausência desses atletas. Quando acontece com o Cruzeiro ninguém realça esse fator", comentou Gilvan, citando também o rival Atlético-MG, que tem cerca de um time inteiro de desfalques e também vem tropeçando no Brasileiro.

No treinamento desta segunda-feira, Mayke e Rafael Silva deixaram o departamento médico e fizeram os primeiros trabalhos físicos. Em breve, estarão novamente treinando com o grupo. O zagueiro Manoel ainda trabalha com a fisioterapia do clube, após passar por uma artroscopia no joelho esquerdo. Outros jogadores como Marcos Vinícius, Judivan e Dedé ainda seguem no estaleiro.

"Por exemplo, nós temos dois zagueiros no Cruzeiro considerados titulares que estão no departamento medico e estão fazendo falta. Os laterais do Cruzeiro não estão podendo jogar, os dois laterais da direita. O Mayke está voltando agora. No ataque nós estamos cheios de ausências, jogadores importantes como Alisson, Judivan, o próprio Rafael Silva que está no departamento médico. Marcus Vinícius, jogador do meio de campo importante para nós, que está no departamento... A gente não pode contratar jogador para colocar na posição de todos que estão contundidos, porque eles vão se recuperar a qualquer momento e a gente ficaria com o plantel muito inchado, com um elenco muito inchado. Mas a gente sabe perfeitamente quais as posições que temos que contratar", acrescentou.

Enquanto assistia aos treinamentos do Cruzeiro na Toca da Raposa, parte da torcida manifestava em frente à sede administrativa do clube. No início da tarde, cerca de 50 pessoas estiveram na sede do Barro Preto para pedir a saída do presidente e reforçar o coro por reforços. Recentemente, a diretoria do clube antecipou que, além das contratações para o Brasileiro já feitas (Bryan, Robinho e Lucas), o clube vai voltar ao mercado da bola, mas os anúncios dificilmente sairão antes da abertura da janela internacional.

"A gente esperava definir o treinador para ele indicar quais as posições que acha carente e a gente contratar de acordo com o treinador. Mas nós estamos atrás dessas posições que a gente sabe que precisa de jogador. Sabemos que, aqui no Brasil, não está tendo. Quem tem também precisa e não vai abrir mão para ceder para o Cruzeiro. A gente tem que buscar fora e estamos atrás e vamos trazer. Quando abrir a janela a gente tenta fechar", finalizou Gilvan.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos