Sport vence clássico e estraga festa do Santa no 'dia do fico' de Grafite

Do UOL, em São Paulo

A quarta-feira do torcedor coral poderia ser praticamente perfeita. No fim da tarde, recebeu a notícia de que o artilheiro Grafite renovou contrato até o fim de 2017. Horas depois, tinha a chance de fazer a festa com uma vitória no clássico contra o Sport e até dormir na vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Mas não foi o que aconteceu. O arquirrival levou a melhor no Arruda e, com gol do contestado Edmílson, venceu o duelo desta quinta rodada da Série A por 1 a 0.

O placar poderia ter sido ainda mais amplo, já que o Sport acertou duas bolas na trave, perdeu dois gols cara a cara com Tiago Cardoso e ainda jogou metade do segundo tempo com um jogador a mais, já que Roberto foi expulso aos 26min.

Com o resultado, o Sport conquista a sua primeira vitória na competição e chega a quatro pontos, mas ainda assim continua na zona de rebaixamento (17º lugar). O Santa Cruz, em contrapartida, perde a primeira na Série A, estaciona nos oito pontos e perde a posição no G-4, caindo para o quinto lugar.

Quem desequilibrou: Diego Souza decide em jogada individual

O gol do Sport veio após uma linda jogada de Diego Souza, que recebeu no meio-campo, tirou seus defensores com um giro e, de biquinho, deixou Edmílson na cara do gol. Apesar do gol perdido no segundo tempo, foi o jogador mais criativo e agressivo do time rubro-negro, deu boas arrancadas e segurou a bola quando foi preciso. Foi, aliás, o primeiro Clássico das Multidões do camisa 87.

Quem foi mal: Alemão e zaga coral falham demais

A defesa do Santa Cruz não funcionou na noite desta quarta-feira. Além da linha de impedimento que deu errado no gol rubro-negro, o setor falhou bastante e, já no primeiro tempo, cedeu boas oportunidades ao Sport. Alemão errou demais, levou amarelo e acabou até substituído por Milton Mendes aos 19min do segundo tempo.

Contestado, Edmílson marca 1º gol

CLELIO TOMAZ/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO
Edmílson contou com enorme resistência da torcida antes mesmo de sua contratação pelo Sport, há duas semanas. Até mesmo uma campanha contra a sua chegada foi criada, com a hashtag #foraedmilson. Com o aval de Oswaldo de Oliveira, o jogador foi contratado mesmo assim, e nesta quarta marcou seu primeiro gol com a camisa rubro-negra. Ainda foi ovacionado pela torcida ao ser substituído.

Grafite apagado no 'dia do fico'

Com o Santa Cruz pouco criativo, Grafite esteve apagado na noite desta quarta-feira. Quase não foi acionado, finalizou só uma vez e assim passou em branco pelo segundo jogo seguido, decepcionando a torcida que encheu o Arruda.

Milton Mendes arrisca tudo, mas Santa não reage

Assim como no jogo contra o Cruzeiro, o técnico Milton Mendes resolveu mexer ainda no primeiro tempo. Com o time mal em campo, ele tirou Wallyson e colocou Lelê com 37 minutos de jogo. Já na etapa final, com o Santa ainda em desvantagem no placar, arriscou mais ainda, tirando um zagueiro (Alemão) e colocando um meia (Fernando Gabriel). Mesmo assim, o time coral continuou encontrando dificuldades, e a situação ficou ainda pior quando o estreante Roberto recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Grafite fica. Mas e Milton Mendes?

Se por um lado Grafite teve sua permanência assegurada, não pode se dizer o mesmo do técnico Milton Mendes. Alvo do Braga, time da primeira divisão de Portugal, ele confirmou a sondagem e disse que, caso chegue algo oficial, irá analisar a proposta. Leia mais

Jejum e invencibilidade encerrados no Arruda

Se por um lado o Sport voltou a vencer depois de oito jogos, o Santa Cruz teve encerrada a sua sequência de 18 partidas sem perder – o time ainda estava invicto na temporada de 2016.

SANTA CRUZ 0 X 1 SPORT

Local: Estádio do Arruda, Recife (PE)
Data: 01/06/2016 (quarta-feira)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Cleberson do Nascimento Leite (Ambos de PE)
Cartões amarelos: Uillian Correia, Alemão, Léo Moura, João Paulo e Arthur (Santa Cruz), Diego Souza e Serginho (Sport)
Cartão vermelho: Roberto (Santa Cruz)
Gols: Edmilson, aos 8min do primeiro tempo

Santa Cruz
Tiago Cardoso; Léo Moura (Bruno Moraes), Alemão (Fernando Gabriel), Danny Morais, Roberto; Uillian Correia, João Paulo, Wallyson (Lelê); Arthur, Keno e Grafite
Técnico: Milton Mendes

Sport
Magrão; Samuel Xavier (Ronaldo), Matheus Ferraz, Durval e Renê; Serginho, Rithely e Diego Souza; Éverton Felipe, Gabriel Xavier (Rodrigo Mancha) e Edmilson (Lenis)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos