Chance de título do Atlético-MG sobe de 1% para 19% em sete rodadas

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini / Atlético

    Campeão duas vezes pelo Fluminense, Fred quer conquistar o Brasileirão pelo Atlético-MG

    Campeão duas vezes pelo Fluminense, Fred quer conquistar o Brasileirão pelo Atlético-MG

Conquistar o Campeonato Brasileiro é a grande obsessão do Atlético-MG nos últimos anos. Após vencer a Libertadores e a Copa do Brasil em temporadas recentes, a equipe alvinegra chegou muito perto de conquistar o Brasileirão em duas oportunidades. Foi vice-campeã em 2012 e no ano passado. Para ganhar a competição após 45 anos, a diretoria investiu pesado em 2016.

A base do time vice-campeão em 2015 foi mantida. Apesar de negociar dois titulares (Jemerson e Giovanni Augusto), muito reforços de peso chegaram à Cidade do Galo. Jogadores com histórico nas respectivas seleções, casos de Erazo, Cazares, Otero, Robinho e Fred. Além de promessas, como o atacante Clayton, ou experientes e acostumados com títulos, caso do lateral esquerdo Fábio Santos.

Apesar do investimento pesado na equipe de futebol, o começo do Brasileirão não foi dos melhores para o Atlético. Após 14 rodadas, com somente cinco vitórias, a equipe mineira aparecia apenas na 10ª colocação, com 20 pontos, nove atrás do líder Palmeiras. Naquela altura do Brasileirão, a chance de título estava reduzida a 1%, de acordo com o site Infobola, do matemático Tristão Garcia.

Sete rodadas depois, sendo seis vitórias, o Atlético aparece na segunda colocação. A diferença para o Palmeiras é somente de dois pontos. Caso vença o Grêmio neste domingo e o rival paulista seja derrotado pelo Fluminense, a equipe de Marcelo Oliveira pode assumir a liderança do Brasileirão pela primeira vez em 2016. No cenário atual a chance de o clube mineiro ser o campeão nacional subiu para 19%, segundo o próprio site Infobola.

"Agora é focar nessas finais que a gente vai ter. Cada do jogo do Brasileirão vai ser uma decisão. A partir de agora só vamos enfrentar concorrentes direitos pelo título, pelo G4 ou vamos enfrentar times que estão brigando lá embaixo, o que aumenta também a dificuldade de jogar contra. O mais importante é a gente manter o equilíbrio, para fazer um grande jogo contra o Grêmio. É o famoso jogo de seis pontos. Vamos fazer de tudo para conquistar a vitória, para quem sabe, alcançar essa tão esperada liderança", disse o atacante Fred, que chegou a Atlético para ser campeão brasileiro.

O centroavante conquistou a competição em duas oportunidades, em 2010 e 2012, ambas com o Fluminense. Sabe como poucos o que é preciso fazer neste segundo turno para ficar com o título nacional.

"Temos que segurar o ímpeto do Grêmio nos primeiros 15, 20 minutos, pois eles devem vir com tudo para a cima. É conseguir equilibrar essa pressão, tocando a bola, e todo mundo marcando bem, se doando. O jogo fica mais difícil no começo, pela pressão da torcida. Depois é tudo equilibrado e vira uma partida normal".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos