Alex pede desculpas por revolta ao ser substituído: "Morrendo de vergonha"

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

Horas depois de virar personagem do jogo Palmeiras e Internacional, neste domingo (6), Alex pediu desculpas. Em vídeo divulgado nas redes sociais (veja abaixo), o meia diz estar "morrendo de vergonha" e pede desculpas ao massagista do clube.

Alex foi substituído na metade do segundo tempo e não gostou. Primeiro jogou a braçadeira de capitão e depois, fora do campo, deu um tapa na garrafa de água oferecida por Paulo Renato Soares, o "Banha".

A cena viralizou nas redes sociais. O Inter minimizou o ato, mas o assunto seguiu em pauta.

"Estou em uma situação horrível aqui, mas tenho de vir. Estou morrendo de vergonha pelo o que aconteceu com o Banha. Ele não merece isso, a família dele também, ver aquilo e da maneira que aconteceu. A gente sempre teve um relacionamento maravilhoso e essas pessoas nos ajudam tanto, cara, que é doído ver o que aconteceu. Nada justifica, então: mil perdões, mil desculpas, pelo amor de Deus. Prometo nunca mais fazer isso, até porque eu represento um clube muito grande, uma torcida muito grande, e obviamente morro de vergonha pela minha família. Não é o que eu realmente quero passar", afirmou Alex.

Com a derrota, e o triunfo do Vitória em cima do Atlético-PR, o Internacional voltou à zona de rebaixamento após três rodadas. Com 38 pontos, o clube gaúcho é 17° colocado.

Quer receber notícias do Internacional de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos