Cuca viu R. Guedes deslumbrado e deu lições para atacante voltar a crescer

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Cesar Greco/Ag. Palmeiras

    Róger Guedes ganhou moral de Cuca e respondeu ao se tornar decisivo novamente

    Róger Guedes ganhou moral de Cuca e respondeu ao se tornar decisivo novamente

Róger Guedes voltou a sorrir, e graças a Cuca. Das críticas – tanto ao comportamento em campo quanto fora dele – aos elogios pelas decisivas atuações nas últimas semanas, o camisa 23 reassumiu um papel fundamental no Palmeiras. Neste domingo, diante da Ponte Preta, em Campinas, a partir das 16h (de Brasília), o atacante recebe mais uma oportunidade para se firmar ainda mais na Academia de Futebol.

Considerada pela atual comissão técnica como uma peça fundamental na conquista do Campeonato Brasileiro do ano passado, Róger Guedes se 'perdeu'. Ações irritadiças no CT – como o comportamento após com um "trote" aplicado pelo elenco, além de relatos de funcionários incomodados com a postura do atleta – ocorreram em tempo semelhante à queda de desempenho com a camisa alviverde.

Eduardo Baptista, na época treinador do Palmeiras, retirou Guedes do time titular, em decisão que o contrariou. "Lógico que quando a gente sai do time, como eu saí, a gente não entende muito bem a opção do treinador; mas, a gente tem que acatar", disse, em março, ao UOL Esporte.

A queda técnica e comportamental aponta para um fator: deslumbramento. Pelo menos esta foi o diagnóstico de Cuca assim que retornou à Academia de Futebol. A partir de uma conversa longa, separada, o treinador usou o treinamento fora das quatro linhas do gramado para recuperar rapidamente o futebol de Róger Guedes, autor de dois gols nos últimos quatro compromissos alviverdes.

"Ele veio do Criciúma, sendo que jogou pouco lá no Criciúma. Aí veio para cá e fez aquele grande Campeonato Brasileiro. Às vezes, o jogador se deslumbra com um monte de coisa e um monte de situação; a rotina muitas vezes muda. De repente, você vê que a sua origem é o mais importante de tudo, e isso foi conversado com ele [Róger Guedes]", comentou Cuca.

Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cuca conversou separadamente com Róger Guedes e pediu: "Volte às origens"

O treinador usufrui mais do tempo fora do gramado para 'treinar' Róger Guedes. As conversas separadas miravam o atacante do ano passado, dedicado defensivamente e voluntarioso no time campeão brasileiro de 2016. Desta forma, na visão de Cuca, o camisa 23 tem ainda mais a crescer.
 
"É deixar tudo de lado e lembrar das origens, do prazer de jogar bola...todo o restante é consequência do que ele fizer dentro de campo. Ele está mais mentalizado, mais concentrado, e tem ainda muito mais a evoluir", acrescentou o comandante.
 
A relação com Cuca também é tratada com suma importância pelo próprio Róger Guedes. Pessoas próximas ao atacante e ouvidas pela reportagem do UOL Esporte apontam o treinador como o principal fator para a evolução do camisa 23 nas últimas semanas.
 
Cuca deixa Róger Guedes "muito à vontade", sustentam as pessoas próximas ao jogador. O treinador mantém a aposta no atacante desde o ano passado, quando chegara como um desconhecido do Criciúma. Como consequência pela postura do técnico, Guedes possui ainda mais boa vontade para ouvir os conselhos do treinador. A relação automaticamente melhorou no dia a dia.
 
Assim, em poucas semanas, Róger Guedes afastou o deslumbramento que o atrapalhou nos últimos meses de Palmeiras. O diagnóstico certeiro de Cuca já traz os resultados esperados pelas duas partes. O camisa 23 agora é titular incontestável e rende o esperado pelo treinador, que procura neste domingo aproximar ainda mais o time da parte mais alta da tabela da Série A.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA x PALMEIRAS

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 25 de junho de 2017 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (Fifa-MT)
Assistentes: Fábio Rodrigo Rubinho e Marcelo Grando (ambos de MT)

PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Rodrigo e João Lucas; Fernando Bob, Elton e Renato Cajá; Claudinho, Lucca e Emerson Sheik.
Técnico: Gilson Kleina.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke, Yerry Mina, Edu Dracena (Luan) e Juninho (Egídio); Jean, Tchê Tchê e Alejandro Guerra; Róger Guedes, Miguel Borja (Dudu) e Willian.
Técnico: Cuca.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos