Cuca se esquiva sobre permanência no Palmeiras: "Vamos ver se é bom"

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

O Palmeiras se complicou na briga pelo título do Campeonato Brasileiro ao cair por 1 a 0 para o Santos, em pleno Allianz Parque, e o técnico Cuca colocou em xeque o próprio futuro na Academia de Futebol. Em entrevista coletiva concedida após o fim do jogo, o treinador se esquivou ao tratar sobre a permanência no clube para a próxima temporada.

"Faltam 12 rodadas, não adianta ter contrato de cinco, dez anos com a equipe. Se as coisas não andam, a fila anda, você busca outros ares. Eu também não me aperto também em contrato longo. Quero ir bem esse ano. Quando acabar vamos ver se é bom continuar ou não, estamos muito abertos quanto a isso, também", afirmou.

Dentro do Palmeiras, o planejamento inicial conta com Cuca para a próxima temporada. Como mostrou o UOL Esporte na última quinta-feira, o treinador, inclusive, tem participado da análise de possíveis reforços para o ano que vem – o clube já contratou o zagueiro Emerson Santos.

Dono de um contrato até o fim de 2018 com o Palmeiras, Cuca colocou o cargo à disposição depois da eliminação para o Cruzeiro, na Copa do Brasil. O técnico, mais uma vez, evita publicamente tratar da continuidade na Academia de Futebol, assim como ocorreu no ano passado.

Em meio à empolgação pelo título brasileiro, Cuca optou por deixar o Palmeiras ao fim da Série A. Naquela ocasião, o técnico alegou problemas particulares para não renovar o compromisso e comandar o time alviverde desde o início de uma temporada pela primeira vez.

A diretoria, já presidida por Mauricio Galiotte, contratou Eduardo Baptista, mas o atual treinador da Ponte Preta durou apenas cinco meses. O Palmeiras recorreu novamente a Cuca, que, próximo ao fim do ano, ainda não sabe se cumprirá o contrato em 2018.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos