Após confusão, Clayson diz que Felipe Melo "quis dar uma de valentão"

Diego Salgado e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

No intervalo da partida entre Palmeiras e Corinthians, na Arena Corinthians, Felipe Melo arremessou uma munhequeira na direção de Clayson e teve que ser contido pelos demais jogadores. Por conta do incidente, é possível que o palmeirense seja denunciado pelo STJD. As imagens da confusão são da Rádio Bandeirantes. Após a vitória do time alvinegro por 3 a 2, o meia corintiano falou sobre o episódio.

"Ele jogou a munhequeira em mim, mas não sei o que passa na cabeça dele e nem quero saber. O importante foi a vitória do Corinthians, já que abrimos uma boa vantagem e agora vamos focar nos jogos que faltam", disse.

"Ele já está me ameaçando desde o Campeonato Paulista, quando eu estava na Ponte Preta, e hoje quis dar uma de doido e valentão e veio para cima de mim. Não tenho nada a favor ou contra ele, não sou amigo dele e nem quero ser. O importante foi a vitória. Eu não falei nada. Você pode perguntar para quem estava do meu lado. É coisa do passado que ele guardou", acrescentou Clayson.

O goleiro Cássio também falou sobre o episódio. "Cheguei ali e tentei apartar. Já aconteceu em outros jogos, é muito chato, ruim, porque a gente se dá bem com os outros jogadores. Não entendi direito o que aconteceu. Cheguei e tinha um pessoal separando. Felizmente, não aconteceu nada grave", afirmou.

Do lado palmeirense, o presidente Maurício Galiotte evitou falar do ocorrido. "Não estou sabendo o que aconteceu. Acabei de ser informado que teve uma bate-boca entre os jogadores, e depois vamos saber melhor o que aconteceu", falou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos