Dorival cobra planejamento para 2018 e usa erro de árbitro motivar o SP

Do UOL, em São Paulo

Dorival Júnior espera que o São Paulo tenha um 2018 bem diferente desta temporada. Depois de passar boa parte do Brasileiro deste ano na briga para fugir da zona de rebaixamento, o treinador projeta um ano em que o Tricolor brigue por títulos. Ao menos depois da vitória por 2 a 1 sobre o Coritiba, neste domingo, o técnico deixou clara a sua preocupação com o planejamento.

"Temos de mudar o perfil que a equipe mostrou ao longo desse ano. O Rogério Ceni deve ter tido muitas dificuldades por conta das entradas e das saídas. O São Paulo precisa saber os erros dessa temporada para não cometê-los na próxima. Está na hora do São Paulo voltar a ser protagonista nas competições. O torcedor merece isso", afirmou Dorival.

"O São Paulo precisa de mais jogadores para fortalecer o grupo. Jogadores do nível de Petros e Hernanes e, claro, darmos a possibilidade para esses garotos", completou o treinador.

Na partida deste domingo, o São Paulo mostrou poder de reação. Mesmo depois do erro de arbitragem de Anderson Daronco, que marcou equivocadamente um pênalti de Edimar em disputa de bola com Tiago Real, o Tricolor conseguiu buscar a vitória de virada por 2 a 1 fora de casa. Tal postura foi destacada pelo treinador Dorival Júnior. 

"Além das correções, que foram poucas, o principal ponto da conversa [no intervalo] foi o seguinte: 'vamos levar o erro da arbitragem como uma muleta ou vamos mostrar força?'. A equipe teve paciência, criou boas oportunidades e alcançamos uma recuperação merecida em relação ao que foi apresentado. Acho que foi uma grande recuperação e mesmo com os garotos entrando, sentimos que esses meninos colaboraram para uma evolução. Isso é muito importante", disse Dorival, que não viu pênalti de Edimar no lance com Tiago Real.

"O empurrão foi do Tiago e bola bateu na mão dele. O próprio time do Coritiba não foi enfático nas cobranças", completou o treinador tricolor. 

Por conta de lesão, Lucas Pratto e Hernanes não puderam jogar neste domingo. Outro importante desfalque para Dorival Júnior foi o meio campista Petros, que cumpriu suspensão automática após receber o terceiro cartão amarelo.

"Estávamos com vários jogadores fora e, de repente, fazemos um jogo desse nível. A gente sente que o São Paulo ganha consistência, maneira de jogar. Independentemente dos nomes que entrem, isso sim é um passo para a evolução. É disso que precisamos para o ano seguinte", completou Dorival.

Técnico pondera sobre erro de árbitro

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos