Em clássico morno, SP empata com Santos, volta a ser líder e 'seca' Inter

Do UOL, em Santos (SP)

Com os dois rivais em alta no Campeonato Brasileiro, a expectativa era de um clássico animado na Vila Belmiro, neste domingo (16), mas não foi o que aconteceu. Santos e São Paulo fizeram um jogo morno, criaram poucas chances claras de gol – a não ser por um 'gol feito' perdido por Rodrygo – e não saíram do 0 a 0 em duelo válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Mas apesar de não aproveitar a força de sua torcida na Vila Belmiro, o Santos chega a nove jogos de invencibilidade e oito sem sofrer gols, alcançando assim um recorde histórico (leia mais abaixo). Com o resultado, o Santos segue na oitava colocação, agora com 32 pontos.

O São Paulo, por sua vez, chega a 50 pontos, assume a liderança da tabela e agora seca o Internacional para seguir na ponta. O time gaúcho encara a Chapecoense nesta segunda-feira (17), na Arena Condá.

As equipes agora voltam a ter uma semana livre antes do próximo compromisso. O São Paulo entra em campo antes, no sábado (22), quando recebe o América-MG no Morumbi. Já o Santos joga um dia depois, domingo (23), contra o Cruzeiro, no Mineirão. Os jogos são válidos pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O melhor: Robson Alves

Zagueiro aproveitou a lesão de Lucas Veríssimo para mais uma vez mostrar serviço ao técnico Cuca. Bastante seguro na defesa, ainda se arriscou no ataque em algumas oportunidades.

O pior: Arboleda

Marcello Zambrana/AGIF
Não foi mal no geral, mas cometeu duas falhas consideráveis. Em uma delas, deixou Sánchez passar e precisou fazer falta para evitar um lance mais perigoso. Depois, entregou a bola para Rodrygo, que por pouco não balançou as redes.

Santos domina, mas assusta pouco. SP se defende

Marcello Zambrana/AGIF
Com uma formação mais ofensiva, com três atacantes, o Santos controlou o primeiro tempo, mas não a ponto de assustar o goleiro Sidão. O time permaneceu quase toda etapa inicial no campo do São Paulo, mas o último passe e os cruzamentos - que foram muitos - não encaixaram. Já o São Paulo, que foi a campo com três zagueiros, não incomodou Sidão. Defendeu-se (até bem), mas não conseguiu encaixar um contra-ataque sequer.

Everton volta a sentir lesão e sai antes do intervalo

Pedro Vale/AGIF
Desfalque do São Paulo nos últimos três jogos, Everton reforçou o time no clássico deste domingo, mas não por muito tempo. O meia-atacante voltou a sentir uma lesão muscular na coxa esquerda e deixou o confronto ainda antes do intervalo. Liziero ficou com a sua vaga. Leia mais

Santista pede o VAR após impedimento

O VAR não está à disposição neste Campeonato Brasileiro, mas mesmo assim foi solicitado durante a partida. Após ter impedimento (correto) marcado pelo assistente, Derlis González fez o gesto pedindo o árbitro de vídeo. Quem sabe no ano que vem...

Indicação de Cuca faz estreia pelo Santos

Marcello Zambrana/AGIF
Na metade do segundo tempo, Felippe Cardoso foi chamado por Cuca – técnico que indicou sua contratação – e entrou na vaga de Derlis González. Contratado recentemente da Ponte Preta, o jovem atacante fez a sua estreia com a camisa do Santos, mas teve poucas oportunidades de mostrar serviço.

SP quase entrega o ouro e Rodrygo perde gol incrível

O domínio que o Santos teve na etapa inicial não aconteceu no segundo tempo. O São Paulo se acertou defensivamente e quase não foi agredido pelo time da Vila. Mas Arboleda por pouco não colocou tudo a perder aos 27min. Ele perdeu a bola para Rodrygo, que avançou desde o meio-campo e, cara a cara com Sidão, finalizou para fora.

Santos alcança marca defensiva histórica

Marcello Zambrana/AGIF
Ao não sofrer gols diante do São Paulo, o Santos conseguiu atingir uma marca história neste domingo. O time passou a ser o primeiro em toda história do clube a ficar oito jogos consecutivos sem ser vazado. Até então, a equipe de Cuca estava empatada com a de 1955, que ficou sete partidas com as redes intactas.

Santos se revolta com fim do jogo em contra-ataque

Com uma falta quase na linha da área nos acréscimos, Nenê teve a chance de definir a partida, mas cobrou na barreira. Na sequência, o Santos sairia em um contra-ataque bastante perigoso. O juiz, porém, apesar do minuto a mais de acréscimo dado antes da falta, apontou o fim da partida, para revolta dos jogadores santistas e do técnico Cuca.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 0 X 0 SÃO PAULO

Data: 16/09/2018 (domingo)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
Cartões amarelos: Robson Bambu, Derlis González, Diego Pituca, Bruno Henrique, Victor Ferraz (Santos); Arboleda, Bruno Alves, Hudson, Anderson Martins, Rojas (São Paulo)

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Robson Alves, Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Carlos Sánchez (Bruno Henrique) e Diego Pituca; Derlis González (Felippe Cardoso), Gabigol e Rodrygo (Arthur Gomes). Técnico: Cuca

SÃO PAULO: Sidão; Bruno Alves, Arboleda e Anderson Martins; Rojas (Everton Felipe), Jucilei, Hudson e Reinaldo; Everton (Liziero), Nenê e Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos