Garçom de novo, Alisson atinge recorde pessoal de assistências no Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

Um cruzamento de Alisson foi crucial para a classificação do Cruzeiro à semifinal da Copa do Brasil. O meia-atacante acertou a bola aérea na direção de Diogo Barbosa, que marcou o gol de empate contra o Palmeiras por 1 a 1, nessa quarta-feira, e saiu para festejar com a torcida no Mineirão o gol que rendeu a vaga. Ao término do confronto, o armador celebrou a sua oitava assistência na atual temporada - o melhor número desde que se profissionalizou, em 2012.

"Feliz por, mais uma vez, ajudar em um lance que eu esperei o máximo possível para colocar na área. Fui feliz no cruzamento, o Diogo apareceu na área e fez o gol. Hoje a jogada deu certo, o gol saiu, mérito para toda equipe", declarou.

O melhor número de Alisson havia sido em 2015, quando distribuiu seis passes para os companheiros balançarem as redes. Em 2014 e 2016, o atleta deu cinco assistências - foram apenas duas em 2013, seu pior ano no quesito.

O meia-atacante ainda fez a análise sobre o "jogo do ano" para o Cruzeiro: "Eles não tinham chegado no nosso gol, a concentração era alta. Fizemos o gol. O nosso jogo do ano. Mudar o foco para o Brasileirão, esperar o próximo adversário e brigar", concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos