Topo

Vasco vence o Serra, avança na Copa do Brasil e segue invicto em 2019

Jogadores do Vasco comemoram gol de Lucas Mineiro contra o Serra  - GILSON BORBA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Jogadores do Vasco comemoram gol de Lucas Mineiro contra o Serra Imagem: GILSON BORBA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, no Rio de Janeiro

20/02/2019 23h23

Quem é capaz de parar o Vasco? Atuando no estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES), a equipe venceu o Serra hoje por 2 a 0 - com gols de Lucas Mineiro e Ribamar - avançou para a terceira fase da Copa do Brasil e manteve sua invencibilidade na temporada. Classificado, o Cruzmaltino aguarda o vencedor do confronto entre Avaí e Brasil de Pelotas.

O Vasco já soma oito vitórias e um empate em 2019. No Campeonato Carioca, o clube segue com 100% de aproveitamento.

Neste sábado (23), a equipe volta às atenções para o Estadual, onde estreia na Taça Rio já com um clássico contra o Botafogo, às 19h30, no Nilton Santos.

Vasco apresenta boa troca de passes

O principal destaque coletivo do Vasco foram as trocas de passe, em uma clara demonstração de que o time vai evoluindo no quesito entrosamento. Principal responsável por articular as jogadas, Bruno César procurou tabelar com os laterais e pontas. Maxi Lopez fez o papel de pivô.

O Serra, por sua vez, demonstrou fragilidade e ficou recuado mesmo após sofrer o gol de Lucas Mineiro. O jogador que apresentou mais qualidade foi o insinuante Lessinho.

Foi pênalti?

Logo aos 11 minutos do primeiro tempo, Rael recebeu na entrada da área e foi puxado pela camisa por Leandro Castan. O atacante do Serra ficou pedindo pênalti.

Lucas Mineiro praticamente repete gol sobre Resende

Volante artilheiro, Lucas Mineiro abriu o placar para o Vasco aos 26 minutos do primeiro tempo em gol muito parecido com o que fez na vitória sobre o Resende, na semifinal da Taça Guanabara. Após escanteio, ele subiu mais alto que a zaga e testou para o fundo da rede. 

Que trivela, Bruno César!

Aos 36, Bruno César deu um lindo passe de trivela para Marrony. O jovem tocou para Raul que bateu com categoria. O goleiro Walter, porém, deu um belo salto e salvou o Serra de sofrer o segundo gol.

Maxi Lopez tem sentido a parte física

Pesado, o atacante Maxi Lopez não tem repetido as boas atuações do fim do ano passado. Em duas oportunidades, o argentino recebeu bolas em boas condições, mas perdeu na corrida com facilidade, evidenciando que precisa melhorar sua parte física.

Marrony tem choque de cabeça e é substituído

Um dos principais destaques da temporada, o atacante Marrony teve um choque de cabeça no fim do primeiro tempo, e o departamento médico do Vasco, cumprindo o protocolo Fifa, optou por pedir sua substituição por precaução. O jovem não queria sair e deixou o campo chorando enquanto era ovacionado pela torcida. 

Lucas Mineiro e Bruno César - Os melhores

Enfim, Bruno César, que chegou com status de reforço de peso, deu seu cartão de visitas no Vasco. O meia distribuiu bons passes e, com categoria, articulou as jogadas da equipe. Já Lucas Mineiro manteve as boas apresentações que vem tendo desde o início do ano e ainda fez um gol. É a grata surpresa do Vasco até aqui.

Alex - Pior

O zagueiro fez sua estreia pelo Serra, mas se preocupou mais em dar bordoadas em campo do que em jogar bola.

Valentim ficou contrariado com saída de Marrony

A determinação do departamento médico para a substituição de Marrony deixou o técnico Alberto Valentim um tanto quanto contrariado. O treinador acabou acatando e lançou Yan Sasse, que não correspondeu. No segundo tempo, colocou Rossi e Ribamar, que também não apresentaram nada de muito substancial. Apesar disso, o time teve amplo domínio de jogo e de posse de bola.

Com proposta, Lucas Santos fica fora do jogo 

Principal destaque do Vasco na campanha do vice-campeonato da Copa São Paulo de futebol júnior, o meia Lucas Santos, de 19 anos, foi cortado da relação contra o Serra por ter uma proposta do CSKA, da Rússia. As conversas estão avançadas, e a promessa deve ser vendida até o fim desta semana por cerca de R$ 22 milhões.

Evento de marketing na cidade

Um dia antes do jogo, o Vasco organizou o evento "Caravela Cruzmaltina" para vascaínos em um bar de Cariacica (ES). O ex-ídolo Ramon, que atualmente faz parte da comissão técnica, marcou presença. 

FICHA TÉCNICA
SERRA 0 X 2 VASCO

Local: Kléber Andrade, Cariacica (ES)
Hora: 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias (SP)
Auxiliares: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizzo (SP)
Cartões amarelos: Peu, Caetano (SER); Raúl Cáceres, Maxi Lopez (VAS)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Lucas Mineiro, aos 26 minutos do primeiro tempo (VAS); Ribamar, aos 48 minutos do segundo tempo (VAS)

Serra
Walter, Gilmar Baiano, Alex, Renato Oliveira e Peu; Caetano, Guilherme Pitty (Diogo Noronha) e Emílio (Darlan); Rodrigo Pardal, Lessinho (Madison) e Rael
Técnico: Cleiton Marcelino

Vasco
Fernando Miguel, Raúl Cáceres, Werley, Leandro Castan e Danilo Barcelos; Lucas Mineiro, Raul, Yago Pikachu, Bruno César (Rossi) e Marrony (Yan Sasse); Maxi Lopez (Ribamar)
Técnico: Alberto Valentim