Foguetório e vidro quebrado foram incentivo no Atlético-PR, revela Nikão

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • NAYRA HALM/ESTADÃO CONTEÚDO

    Nikão falou sobre o foguetório na concentração do Atlético-PR: incentivo

    Nikão falou sobre o foguetório na concentração do Atlético-PR: incentivo

O foguetório promovido por torcedores do Fluminense na frente da concentração do Atlético-PR na madrugada de quarta (28), em que o vidro de um dos quartos do comissão técnica do time paranaense foi quebrado, serviu de combustível para os jogadores do Furacão na vitória por 2 a 0 no Maracanã, que garantiu a vaga na decisão da Copa Sul-Americana. Autor de um dos gols da vitória atleticana, o meia-atacante Nikão revelou os bastidores da madrugada tumultuada.

Assista aos gols da partida.

"Quanto à situação da torcida, vivenciamos uma situação nessa madrugada, se era três, três e pouco (da manhã), não lembro o número de torcedores soltando foguetes... cara, eu acordei... o time todo acordou. O nosso massagista, quebraram o vidro do quarto dele, e isso só nos incentivou, nos deu um incentivo a mais. A gente sabia que eles estariam pressionados e geralmente quando você está pressionado a perna pesa a mais", contou Nikão, em coletiva.

Eliminado, o Fluminense agora encerra a participação no Brasileirão contra o América-MG, domingo no Maracanã, e precisa ao menos de um empate para fugir do rebaixamento. Já o Atlético-PR encara o Flamengo no sábado, também no Maracanã, e precisa da vitória e de um empate do Atlético-MG diante do Botafogo para ficar com uma vaga na Copa Libertadores de 2019 através do Brasileirão. Na quarta-feira (5), já terá pela frente a primeira partida da decisão da Copa Sul-Americana, contra Junior Barranquilla ou Santa Fé, ambos da Colômbia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos