Ronaldo perde pênalti, mas Real goleia e mantém chance de título

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO/ DANI POZO

    Caballero defende pênalti de Cristiano Ronaldo com o pé esquerdo

    Caballero defende pênalti de Cristiano Ronaldo com o pé esquerdo

Cristiano Ronaldo foi protagonista da partida entre Real Madrid e Málaga, no Santiago Bernabéu. O português errou um pênalti, em que o goleiro Caballero defendeu a cobrança com o pé, deu uma assistência e ainda marcou um gol na vitória dos merengues por 6 a 2.

Esse resultado ainda mantém o Real Madrid com chances de conquistar o Campeonato Espanhol. O clube chegou aos 80 pontos, oito a menos que o Barcelona com mais nove em disputa. O rival catalão ainda tem uma partida a menos.

A partida também ficou marcada pela estreia do brasileiro Fabinho, o único representante do Brasil no time merengue. Revelado pelo Fluminense, o jogador, de 19 anos, entrou no segundo tempo no lugar de Fábio Coentrão. O atleta pertence ao time B do Real Madrid.

No fim de semana, o Real Madrid precisará vencer o Espanyol, fora de casa, e ainda torcer por um tropeço do Barcelona ante o Atlético de Madrid, duelo que acontece na capital espanhola.

O jogo começou tranquilo para o Real Madrid. Logo aos dois minutos, Raul Albiol aproveitou escanteio cruzado para área e abriu o marcador de cabeça. Na comemoração, ele homenageou o filho que está para nascer.

Mas, a tranquilidade do Real acabou com 14 minutos. Após cruzamento de Isco, Lugano desviou de cabeça e Santa Cruz empatou o duelo.

Aos 20 minutos, o time da capital espanhola teve a chance de voltar à frente do placar, mas, de pênalti, Cristiano Ronaldo desperdiçou a oportunidade ao chutar a cobrança no meio do gol e Caballero defender com o pé. Na falta que gerou a penalidade, Sérgio Sanchez foi expulso.

Quatro minutos depois, o português teve a chance de se redimir. Após juiz marcar tiro livre dentro da área do Málaga, devido à recuada, Xabi Alonso rolou para Cristiano Ronaldo colocar o Real Madrid na frente e fazer seu 200º gol pelo clube em 197 jogos.

Ainda na etapa inicial, Özil ampliou o marcador. Após contra-ataque puxado por Cristiano Ronaldo, o alemão fez o terceiro dos merengues.

A festa do time da casa diminuiu logo na sequência. De fora da área, Antunes acertou um bonito chute e fez o segundo do Málaga. O primeiro tempo ainda teve tempo para Benzema, após passe de Cristiano Ronaldo, fazer o quarto do Real Madrid.

No segundo tempo, os times não mantiveram o mesmo ritmo da etapa inicial. Mesmo assim, com um jogador a mais, o Real Madrid ampliou o placar aos 18 minutos. De fora da área, Modric fez o quinto.

A etapa final ainda teve tempo para o zagueiro argentino Demichelis ser expulso e deixar o Málaga com dois a menos. Para decretar números finais ao duelo, Di María deixou sua marca. A notícia triste para os merengues foi a lesão do alemão Özil. No fim do segundo tempo, ele torcer o joelho e deixou a partida chorando.

UOL Cursos Online

Todos os cursos