Jorge Henrique minimiza fim de jejum após sete meses sem gol no Vasco

Do UOL, em São Paulo

Jorge Henrique é atacante de origem, mas, como ele próprio admite, fazer gol não é um de seus pontos fortes. Ele balançou as redes neste domingo, na vitória por 2 a 0 do Vasco sobre o Bangu, mas seu último gol havia acontecido há longos sete meses.

Foi em 19 de agosto de 2015, quando o Vasco venceu o Flamengo por 1 a 0 no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O gol, aliás, foi bem importante, já que o time cruzmaltino empatou por 1 a 1 no jogo de volta e eliminou o arquirrival.

Para o próprio Jorge Henrique, os poucos gols não incomodam. Ele minimizou o fim do jejum ainda no intervalo do jogo contra o Bangu.

"É sempre bom fazer gols, mas isso não me atrapalha. Procuro dentro de campo ajudar a equipe. Graças a Deus, estou trabalhando e me dedicando nos treinos. Hoje fui feliz de poder fazer o gol", disse na saída do gramado.

Neste domingo, o jogador mostrou o oportunismo de um atacante típico: aproveitou cruzamento de Madson, se jogou na bola na pequena área e desviou para as redes para abrir o placar.

Após passar 21 jogos em branco, Jorge Henrique sentiu novamente o gosto de fazer um gol. Bom para o Vasco, para ele e para a torcida, já que parte dos cruzmaltinos já vinha perdendo a paciência com as atuações do jogador na temporada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos