Topo

Carioca - 2019


Fluminense marca nos acréscimos, elimina o Flamengo e pega o Vasco na final

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, no Rio de Janeiro

2019-02-14T22:32:57

14/02/2019 22h32

O Fluminense venceu hoje o Flamengo por 1 a 0, no Maracanã, em semifinal da Taça Guanabara, e garantiu classificação para encara o Vasco na decisão. O gol da vitória foi marcado por Luciano já nos acréscimos do segundo tempo. O empate dava a vaga ao Rubro-negro, que vinha de melhor campanha na primeira fase.

Fluminense e Vasco se enfrentam neste domingo, também no Maracanã. Ao contrário do que ocorreu na semifinal, não há vantagem na final. Em caso de empate, a taça será definida nos pênaltis.

Com sobrevivente presente, clássico tem homenagens

Thiago Ribeiro/AGIF
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Como era de se esperar, as referências à tragédia que vitimou 10 meninos do Ninho do Urubu deram o tom antes e durante o clássico entre Flamengo e Fluminense, válido pelas semifinais da Taça Guanabara. Em um camarote, Cauan Emanuel, um dos sobreviventes do incêndio, acompanhou a partida e chorou copiosamente junto a familiares. Na arquibancada, bandeiras com imagens dos jovens foram erguidas pela torcida, e um vídeo com gols e jogadas dos jogadores foi mostrado no telão do Maracanã, que também exibiu os rostos de cada um.

Presente, Tite lamenta tragédia

O técnico da seleção brasileira esteve no Maracanã e acompanhou o Fla-Flu de perto. De um camarote do estádio, o treinador acompanhou o jogo de alguns possíveis nomes para a equipe verde e amarela. No intervalo, o treinador disse que foi observar nomes para a equipe nacional, mas falou que estava presente em nome da solidariedade. "Infelizmente (minha presença) está ligada ao lado solidário também. É o momento de trazer o que a seleção brasileira traz, que é o de dar forças para a família", disse.

Recorde no Maraca

O Fla-Flu marcado pelas homenagens às vítimas do Ninho do Urubu foi também o do recorde de público na atual edição do Campeonato Carioca, já que 54.544 rubro-negros e tricolores fizeram a festa no Maracanã.

Flu domina ações, mas pouco cria

O Fluminense iniciou o duelo com a posse de bola, como é da característica de seu técnico Fernando Diniz. Porém, o Tricolor não conseguia furar a marcação do Flamengo. Com isso, o time ficou mais com a bola, mas não ofereceu perigo ao Rubro-negro, que tinha a vantagem do empate.

Flamengo joga no contra-ataque e leva perigo

O Flamengo viveu exatamente o outro lado da moeda. Sem a bola, o time se posicionou para aproveitar os erros do Fluminense e contra-atacar. O Tricolor até conseguiu evitar alguns lances com uma forte marcação para recuperar a bola. Quando o rival encaixava passes, no entanto, levava perigo. Foi assim com Gabigol aos 14 minutos. Ele tocou para Bruno Henrique, que foi travado pela defesa no último instante.

Rhodolfo para em Rodolfo

O outro lance perigoso do primeiro tempo também foi do Flamengo. Em cobrança de escanteio, Everton Ribeiro cobrou com categoria na cabeça de Rhodolfo. O zagueiro subiu alto e testou firma para grande defesa do goleiro do Fluminense, que tem nome praticamente igual.

Flu assusta em boa arrancada de Everaldo

O primeiro bom lance do Fluminense ocorreu apenas aos 14 minutos do segundo tempo. O Flamengo tentou jogada de ataque e perdeu a bola após passe errado de Renê. Everaldo recebeu no meio de campo e deu arrancada muito veloz até servir Yony González, que chutou firme para defesa de Diego Alves. 

Flu cresce e quase marca com Luciano

O Fluminense voltou muito melhor para o segundo tempo. Com o passar do tempo, o time começou a encaixar alguns passes e fez lembrar o time que empolgou a torcida no início do ano. Em uma jogada, Everaldo tocou para Yony, que deixou para Luciano finalizar na rede pelo lado de fora.

Luciano marca e garante vaga

Luciano marcou o gol da classificação já nos acréscimos do segundo tempo. Caio Henrique roubou bola de Arrascaeta, e Airton tocou para Yony González. O colombiano rolou para Luciano chutar de primeira e garantir o triunfo tricolor.

André Rocha comenta vitória do Flu sobre o Fla: "Honrou tradição tricolor"

UOL Esporte

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 0 X 1 FLUMINENSE


Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 20h30 (horário de Brasília)
Árbitro:  Rodrigo Carvalhaes de Miranda
Auxiliares: Silbert Faria Sisquim e Michael Correia
Gols: Luciano, aos 47min di segundo tempo
Cartões amarelo: Luciano, Everaldo, Digão, Airton (FLU) Cuellar, Gabigol, Everton Ribeiro, Bruno Henrique (FLA)

Flamengo
Diego Alves; Pará, Rhodolfo, Rodrigo Caio e Renê; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Bruno Henrique (Uribe), Everton Ribeiro (Arrascaeta) e Gabigol. Técnico: Abel Braga

Fluminense
Rodolfo; Ezequiel (Calazans), Matheus Ferraz, Digão e Marlon (Caio Henrique); Airton, Bruno Silva e Daniel (Dodi); Luciano, Yony González e Everaldo. Técnico: Fernando Diniz