Com futuro incerto, Valdívia marca e chora após vitória do Inter

Do UOL, em São Paulo

  • Ricardo Duarte/SC Internacional

    Valdívia fez o terceiro gol do Inter diante do Cruzeiro; depois, falou em ficar no clube

    Valdívia fez o terceiro gol do Inter diante do Cruzeiro; depois, falou em ficar no clube

O meia Valdívia acabou se tornando um destaque do Inter na vitória por 3 a 1 sobre o Cruzeiro, em jogo nesta quinta-feira pelas quartas de final do Campeonato Gaúcho. Inicialmente reserva, saiu do banco de reservas aos 26 min do segundo tempo para substituir Nico Lopez; nos acréscimos, de falta, marcou o terceiro gol colorado no Beira-Rio.

Bastante criticado pela torcida nos últimos dias, quando se viu envolvido em especulações que o ligavam a Corinthians e a Palmeiras, o meia não aguentou: ao sair do gramado, chorou para comemorar o gol no Beira-Rio.

"Quando se está num momento ruim, ninguém te abraça. Só abraça meus companheiros. A torcida às vezes não tem paciência, mas estão certos. Eu venho me dedicando para fazer meu melhor", disse, em entrevista ao canal de TV por assinatura SporTV na saída do campo. "Esse gol foi muito importante para mim. Esse gol eu dedico à minha família", completou.

Mais tarde, já sem lágrimas, Valdívia comemorou o feito. E deixou claro que, embora tenha pensado em sair, quer permanecer no clube.

"O que eu mais quero é ficar, mas quando as coisas não estão dando certo, a gente pensa em mudar para ver se melhora. (Quero) agradecer ao (técnico Antônio Carlos) Zago por ter acreditado em mim, ao Inter por não ter deixado eu sair."

No fim, porém, prometeu comemorar. E avisou: vai fazer "churrasco em casa até amanhã de manhã".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos