Com gols de Brenner e Valdívia, Inter bate Cruzeiro-RS e abre vantagem

Do UOL, em São Paulo

O Internacional deu o primeiro passo para avançar à semifinal do Campeonato Gaúcho. Nesta quinta-feira (6), o time comandado por Antônio Carlos Zago recebeu o Cruzeiro-RS no Beira-Rio e venceu por 3 a 1, graças a dois gols de Brenner - um em cada tempo - e um de Valdívia, destaque no noticiário esportivo desta semana.

Agora, o Inter pode perder por até um gol de diferença que avança no torneio estadual. Uma vitória do Cruzeiro-RS por 2 a 0, no entanto, elimina os colorados, já que o gol fora de casa é um dos critérios de desempate do Campeonato Gaúcho. A partida de volta acontece no próximo domingo (9), às 16h (de Brasília), no Estádio Antônio Vieira Ramos, em Gravataí.

Com a vantagem conquistada, o Inter se recupera após campanha bastante irregular no começo do campeonato. Na primeira fase, foram três vitórias, cinco empates e três derrotas. O clube passou as quatro primeiras rodadas sem vencer.

Quem avançar enfrenta vencedor de Caxias e Juventude. Melhor time da primeira fase, o Novo Hamburgo venceu o São José fora de casa por 1 a 0 no primeiro confronto das quartas de final entre os times. A volta acontece neste sábado, às 18h30 (horário de Brasília).

Valdívia, personagem do jogo

Inicialmente reserva, o meia Valdívia entrou em campo aos 26 min do segundo tempo para substituir Nico López. No fim do jogo, em cobrança de falta, fez o terceiro gol colorado. Na saída de campo, foi às lágrimas ao comentar o gol e as críticas que vinha recebendo da torcida - em especial após os boatos a respeito de uma possível saída para Corinthians ou Palmeiras.

Ricardo Duarte/SC Internacional

Estreante, Edenílson mostra serviço

Emprestado pela Udinese (Itália), o volante Edenílson fez sua estreia pelo Inter - e, ao que tudo indica, não decepcionou. No gol de Brenner no primeiro tempo, coube ao meio-campista começar a jogada com D'Alessandro - o argentino tabelou com Carlinhos, que cruzou para o gol do camisa 38. No segundo tempo, se empenhou na saída de bola.

Acuado? Não o Cruzeiro!

Quem imagino que o Estrelado fosse começar o jogo recuado pode ter se surpreendido. Logo aos 2 min, o lateral John Lennon driblou Victor Cuesta pela direita e foi derrubado na entrada da área – falta, que o time azul não aproveitou. Dois minutos depois, o próprio John Lennon cobrou escanteio pela direita; a bola sobrou para Lucão, que arriscou de primeira e mandou longe do gol de Marcelo Lomba.

Mesmo em desvantagem no placar, o time do técnico Ben-Hur Pereira não recuou. Aos 30 min, Lucas Martins cobrou falta da entrada da área com um chute cruzado - Lucão desviou de letra e quase marcou. Nos acréscimos do primeiro tempo, Otávio aproveitou a sobra da zaga e bateu de primeira - a bola passou perigosamente rente ao travessão.

Inter acorda, equilibra... E sai na frente

O Inter começou a oferecer perigo aos 12 min, a partir de um lançamento de D'Alessandro que Nico López chutou em cima da marcação. A partir daí, William começou a aparecer com destaques nos cruzamentos - no melhor deles, aos 17 min, o goleiro Deivity subiu para afastar.

No entanto, a pressão colorada se mostrou eficiente. Aos 21 min, Carlinhos avançou pela esquerda e cruzou para a área; mesmo marcado, Brenner subiu e cabeceou para mandar para as redes.

Ricardo Duarte/SC Internacional
De cabeça, Brenner abriu o placar para o Inter no Beira-Rio

Segundo tempo amarrado; Inter agradece

O Inter teve a chance de ampliar o marcador logo aos 3 min da segunda etapa, após cruzamento de Nico Lopez pela direita - Dão cortou e mandou a bola rente à trave de Deivity. Ainda assim, o Cruzeiro continuou pressionando em busca do empate - sem, porém, obrigar Marcelo Lomba a trabalhar.

Os visitantes ainda tentaram pressionar a defesa mandante, promovendo a entrada do atacante Matheus no lugar do meia Ronaldo. Era o Inter, porém, que segurava a bola em seu ataque, apostando nos cruzamentos para buscar o segundo gol.

E veio o 2 a 0: Brenner de novo

Mas não foi com um cruzamento que o Inter fez 2 a 0. Aos 32 min, D'Alessandro alçou William pela direita; o camisa 34 ganhou da marcação no carrinho e cruzou rasteiro na área, onde Brenner dominou e bateu cruzado para ampliar. Era a vitória garantida... Certo?

Cruzeiro diminuiu, mas Valdívia surge

No fim, o Cruzeiro mostrou bravura. Aos 36 min, após arrancada pela esquerda, Thiago Alagoano ganhou da marcação de Léo Ortiz, invadiu a área e bateu - Marcelo Lomba fechou bem o ângulo e mandou para escanteio, evitando o gol na melhor chance cruzeirista até então.

Mais tarde, aos 42 min, John Lennon levantou falta na área pela direita; Dão desviou de cabeça e diminuiu, dando esperanças aos visitantes. No entanto, o gol de Valdívia em cobrança de falta nos acréscimos afastaria a zebra.

FICHA TÉCNICA
Internacional 3 x 1 Cruzeiro-RS

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 6 de abril de 2017, quinta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Daniel Bins
Gols: Brenner, aos 21 min do 1º T (INT); Brenner, aos 32 min do 2º T (INT); Dão, aos 42 min do 2º T (CRU); Valdívia, aos 47 min do 2º T (INT)
Cartões amarelos: Victor Cuesta, Carlinhos e Brenner (INT); Ben Hur e John Lennon (CRU)

Internacional: Marcelo Lomba; William, Léo Ortiz, Victor Cuesta e Carlinhos (Anselmo); Rodrigo Dourado, Edenílson, Uendel e D'Alessandro; Nico López (Valdívia) e Brenner (Roberson)
Técnico: Antônio Carlos Zago

Cruzeiro-RS: Deivity; John Lennon, Dão, Vladimir e Otávio (Wagner); Ben Hur, Lucas Martins, Ronaldo (Matheus) e Wiliam Kozlowski; Thiago Alagoano e Lucão (Reinaldo)
Técnico: Ben-Hur Pereira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos