Fernandinho projeta título do Manchester City em 'três ou quatro' jogos

Do UOL, em São Paulo

  • Carl Recine/Reuters

O Manchester City lidera o Campeonato Inglês 2017/2018 e depende apenas de si para conquistar o título por antecipação nos últimos jogos da competição. De quebra, um dos jogos que o time de Pep Guardiola tem pela frente é contra o Manchester United, rival e vice-líder do torneio.

Com 16 pontos de vantagem para o United (81 a 65), o City receberá o clássico no dia 7 de abril. No entanto, antes disso, tem um confronto contra o Everton no dia 31 de março, em Liverpool. E antes de pensar em título ou clássico, é este o jogo que interessa ao líder do Inglês.

"Acho que a gente tem que pensar a cada jogo. Temo um jogo importante, superdifícil contra o Everton fora de casa, que tem sido um adversário difícil", disse o meio-campista Fernandinho nesta segunda-feira, em entrevista à ESPN Brasil após a vitória por 2 a 0 sobre o Stoke City. Na temporada 2016/2017, o Everton venceu por 4 a 0 o duelo em casa contra o City.

Na atual temporada, o time de Fernandinho sofreu apenas uma derrota no Campeonato Inglês. Com uma campanha bastante favorável, tendo vencido 26 dos 30 jogos até aqui, a equipe já faz contas para chegar ao título.

"Acho que essa é nossa intenção. Cada vitória que a gente tem nos deixa mais perto do título. Conseguimos dar um passo importante hoje frente a um adversário difícil, complicado, que luta para permanecer na Premier League. Sem dúvida nenhuma, foi um passo muito importante para nós", analisou o volante, que admitiu que a taça pode chegar em "três ou quatro rodadas".

Retorno ao City e à seleção

O jogo desta segunda-feira marcou o retorno de Fernandinho aos gramados após uma lesão sofrida no fim de fevereiro. Na vitória por 3 a 0 sobre o Arsenal na final da Copa da Liga Inglesa, o meio-campista sofreu um estiramento na parte posterior da coxa esquerda.

Passado o susto, Fernandinho atuou durante os 90 minutos do jogo fora de casa contra o Stoke City – e comemorou a recuperação.

"Graças a Deus, minha lesão não foi tão séria. Permaneci recuperando em dez dias, então foi bem rápido. Pude voltar hoje e ajudar o time a vencer", festejou.

O retorno aconteceu no mesmo dia em que ele foi convocado pelo técnico Tite para os amistosos contra Rússia (23 de março, em Moscou) e Alemanha (27 de março, em Berlim). Antes disso, porém, viaja com o time para compromissos nos Emirados Árabes Unidos – e Fernandinho quer aproveitar a escala para "pegar uma corzinha".

"Vamos aproveitar um pouco o calor e o sol lá, e segunda-feira se apresentar à seleção", resumiu, em tom de brincadeira.

UOL Cursos Online

Todos os cursos