Lukaku marca seu 100º gol no Inglês e United vence o 4º jogo seguido

Do UOL, em São Paulo

  • Andrew Yates/Reuters

    Lukaku comemora o primeiro gol do Manchester United contra o Swansea

    Lukaku comemora o primeiro gol do Manchester United contra o Swansea

Ainda com chance matemática de título, o Manchester United derrotou o Swansea neste sábado (31), por 2 a 0, em Old Trafford, em jogo válido pela 32ª rodada do Campeonato Inglês. Lukaku e Sánchez anotaram os gols do triunfo.

Com o resultado, o United ultrapassa o Liverpool e recupera o segundo lugar na competição, com 68 pontos. Porém, está bem distante do líder Manchester City, que bateu o Everton por 3 a 1 e chegou a 84 pontos. O Swansea, por sua vez, é 15º na tabela, com 31 pontos.

O time treinado pelo técnico José Mourinho agora se prepara para o grande clássico de Manchester, contra o City, no próximo sábado (7), no Etihad Stadium. A equipe de Josep Guardiola tem a chance de ser campeão justamente contra o seu maior rival. Para isso, basta uma vitória simples.

Lindsey Parnaby/AFP
Sánchez chuta para marcar o segundo gol do United sobre o Swansea

100 vezes Lukaku

Lukaku abriu o placar logo aos cinco minutos de jogo. Ele recebeu um passe de Sánchez, dominou e chutou de pé esquerdo para as redes. Este foi o centésimo gol do belga no Campeonato Inglês. Tornou-se o 28º jogador a chegar a essa marca. E pode vir muito mais por aí, já que ele tem apenas 24 anos.

Jason Cairnduff/Reuters
Lukaku anota o primeiro gol do United sobre o Swansea

Lingard para Sánchez

O Manchester United chegou ao segundo gol aos 19 minutos da primeira etapa. Um dos destaques do United nesta temporada, Lingard deu um belo passe para Sánchez, que dominou a bola e chutou forte no canto direito do goleiro Fabianski.

Andrew Yates/Reuters
Sánchez festeja o segundo gol do Manchester United contra o Swansea

United domina

O time da casa dominou o primeiro tempo por completo. Teve 72% da posse de bola, contra 28% do rival. Poderia ter feito mais gols com Lukaku e Lingard. O belga parou em ótima defesa de Fabianski, enquanto o inglês fez uma boa jogada na entrada da área, mas, mesmo em boa posição para chutar, mandou para fora. O Swansea foi para os vestiários sem ter dado um chute a gol.

De Gea aparece

Demorou, mas o Swansea acordou para a partida aos 15 minutos do segundo tempo. No entanto, encontrou De Gea inspirado. Abraham tentou duas vezes, uma logo em seguida da outra. O goleiro espanhol apareceu bem ao espalmar com estilo as duas finalizações do rival.

Jason Cairnduff/Reuters
O goleiro David De Gea, do United, durante partida contra o Swansea

Queda de rendimento

O Manchester United caiu muito de rendimento no segundo tempo. Acomodado, viu o Swansea ameaçar o gol de De Gea, o que não havia acontecido em nenhum momento durante a primeira etapa. Mourinho só foi mexer na equipe aos 30 minutos, quando colocou Rashford no lugar de Sánchez e Herrera na vaga de Lingard. Mas quem quase marcou foi Lukaku, que parou em boa defesa de Fabianski.

Na luta contra o rebaixamento

O Swansea está muito próximo da zona de rebaixamento. Tem apenas três pontos de vantagem sobre o 18º colocado, o Southampton. Na próxima rodada, o Swansea encara o lanterna West Bromwich, fora de casa.

Andrew Yates/Reuters
Mawson, do Swansea, tenta interceptar um passe de Valencia, do United

UOL Cursos Online

Todos os cursos