Técnico da Inter de Milão espera punição da diretoria a Gabigol

Do UOL, em São Paulo

Técnico da Internazionale de Milão, Stefano Vecchi disse que espera que a diretoria do clube puna Gabigol. Nesse domingo, o atacante brasileiro se irritou por não entrar em campo durante a vitória por 3 a 1 sobre a Lazio, fora de casa, pela penúltima rodada do Campeonato Italiano, e abandonou o banco de reservas.

"Tenho certeza que o clube vai tomar uma providência, assim como já fez com alguns jogadores nos bastidores. Acho que para a próxima temporada nós precisamos resolver as pequenas coisas primeiro, começando pelo comportamento, e essa oportunidade surgiu para resolver problemas durante essa fase difícil", disse Vecchi, terceiro técnico da Inter neste campeonato.

Gabigol foi contratado pelo clube italiano antes da temporada, mas não ganhou muito espaço com Frank De Boer, então técnico do time. Chegou a ganhar mais minutos com Stefano Pioli, seu sucessor, mas regrediu com Vecchi, que o utilizou em somente uma partida.

Até aqui, Gabigol tem dez jogos oficiais na temporada, com um total de 184 minutos de ação, e um gol.

UOL Cursos Online

Todos os cursos