Contra sufoco na Libertadores, Corinthians aposta em dupla que venceu drama

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

    Tite tem conversa particular com Luciano, titular do Corinthians nesta quarta

    Tite tem conversa particular com Luciano, titular do Corinthians nesta quarta

A derrota há uma semana trouxe certo abalo ao Corinthians, mas a chance de vingança surgiu rapidamente.

Nesta quarta-feira, a liderança do Grupo 8 voltará a ser disputada pelos corintianos diante do mesmo Cerro Porteño-PAR, agora em Itaquera. O jogo tem caráter crucial dentro da competição. Uma vitória traz a primeira posição de volta, mas qualquer outro resultado põe pressão para o jogo seguinte diante do Santa Fe, na Colômbia. 

Tite precisou quebrar a cabeça para escalar a equipe sem os suspensos Rodriguinho e André, mas escolheu dois jovens com algo em comum. O volante Maycon, 18 anos, e o atacante Luciano, 22 anos, passaram recentemente pela cirurgia temida por qualquer jogador de futebol: a reconstrução dos ligamentos cruzados do joelho. O sofrimento foi recompensado com a melhor oportunidade que ambos tiveram desde que saíram da mesa de cirurgia. 

"Foi o momento mais difícil da carreira, com certeza", conta Maycon, que jogará a primeira partida de Copa Libertadores na vida, ao UOL Esporte. Ele rompeu o ligamento do joelho esquerdo em 2014, na Copa do Brasil sub-20, em jogo pelo Corinthians. Ganhou peso na recuperação, sentiu as dores da fisioterapia e nunca mais teve a mesma rotina. Mas se tornou uma pessoa - e um jogador - melhor. 

"Não vou dizer que foi uma decepção porque eu aprendi muito. Aprendi muitas coisas, mas me tirou outras (físicas). Agora preciso fazer reforço muscular, é sempre o primeiro passo do meu treinamento, porque sem meus joelhos não seria possível jogar", relata ainda Maycon, a quem Tite normalmente compara Elias

Se o jovem meio-campista costuma ser destacado pelo treinador por sua leitura tática, a maior virtude de Luciano está na parte técnica. Com Tite, se transformou definitivamente em centroavante graças ao exímio poder de finalização que também encantou a comissão da seleção olímpica do Brasil. O atacante chuta de todas as partes, com rara qualidade, e assim conseguiu um feito na última Série A. 

Na terça-feira, Tite contou aos jornalistas que Luciano brincou: "ele fez para mim com a mão um cinco, de cinco gols em três jogos", em referência a seu grande momento em 2015, quando empurrou o Corinthians para a liderança do Brasileiro e rompeu ligamento do joelho direito. A sequência que poderia resultar em uma transferência expressiva foi freada para seis meses de uma recuperação elogiada pela comissão técnica. O atacante se dedicou como poucos e voltou à equipe antes do esperado. 

Abnegação, ambos já mostraram ao Corinthians que têm. Agora, resta passar pelo Cerro Porteño. 

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS x CERRO PORTEÑO
 
Local: Arena Corinthians, em Itaquera
Data: 16 de março de 2016, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Patrício Loustau (Argentina)
Assistentes: Hernán Maidana e Lucas Germanota (ambos argentinos)
 
CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique; Giovanni Augusto, Guilherme, Maycon e Lucca; Luciano. Treinador: Tite.
 
CERRO PORTEÑO: Antony Silva; Carlos Bonet, Víctor Hugo Mareco, Bruno Valdez e Junior Alonso; Jorge Rojas, Rodrigo Rojas, Fidencio Oviedo e Sergio Díaz; Luís Leal e Guillermo Beltrán. Treinador: César Farias

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos