Presidente diz que Palmeiras não terá alterações até o final do ano

Do UOL, em São Paulo

O presidente do Palmeiras, Mauricio Galiotte, afirmou categoricamente que não haverá alterações no comando do time após a eliminação diante do Barcelona-EQU, nesta quarta-feira (9), nas oitavas de final da Libertadores, após derrota nos pênaltis por 5 a 4. Clique aqui para assistir aos lances da partida.

"Temos que pontuar e evoluir para a semana que vem", afirmou, no vestiário do Allianz Parque. Em seguida, completou: "Alexandre Mattos [diretor de futebol] fica. Não teremos mudança. É um homem da minha confiança", disse, para em seguida afirmar que o técnico Cuca também não será demitido. A afirmação aconteceu minutos após o treinador dizer que se via ameaçado.

Galiotte disse ainda que garantiu aos jogadores no vestiário que até o fim do ano nada mudará. "Futebol é isso, tivemos um time do outro lado também. Temos que avaliar com calma, mas isso vai ser feito no final do ano. Tem um turno inteiro de Brasileiro, e vamos tentar fazer o máximo de pontos possíveis. Os atletas estão tão chateados quanto nós estamos, tem atleta chorando no vestiário, são seres humanos. Temos que levantar a cabeça no Brasileiro e ir em busca da maior pontuação possível".

O dirigente afirmou também que o momento não é de falar em contratações, e que o objetivo agora é voltar para a Libertadores em 2018. Hoje o Palmeiras é o quarto colocado, 15 pontos atrás do líder Corinthians.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos