Evander brilha, goleiro falha e Vasco atropela Concepción pela Libertadores

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Carlos Gregório Júnior / Flickr do Vasco

    Evander é abraçado pelos companheiros após um de seus gols

    Evander é abraçado pelos companheiros após um de seus gols

Com Evander inspirado e o goleiro Cristian Muñoz em noite para esquecer, o Vasco não tomou conhecimento e goleou o Universidad de Concepción (CHI), na casa do adversário, por 4 a 0, pelo jogo de ida da segunda fase da Copa Libertadores.

O jogador de 19 anos fez dois gols, demonstrando categoria no primeiro e pensamento rápido no segundo, chutando da intermediária. Já o arqueiro falhou em dois gols, saindo errado no segundo e e "batendo roupa" no terceiro.

A partida de volta acontecerá na próxima quarta-feira (7), em São Januário, e o Vasco pode perder por até três gols de diferença para ficar com a vaga. Se passar, o Cruzmaltino encara o vencedor do confronto entre os bolivianos Jorge Wilstermman e Oriente Petrolero.

Lindo gol!

Logo aos 2 minutos do primeiro tempo, Andrés Rios fez um belo pivô, tocou para Wellington que, de primeira, rolou para Paulinho. O jovem imitou o volante e também deu prosseguimento à jogada tocando de primeira, encontrando Evander que, de chapa, abriu o placar para o Vasco.

Trapalhada do goleiro no segundo gol

Aos 15 da etapa inicial, o goleiro Cristián Muñoz quis dar um lançamento da intermediária, mas foi interceptado por Andrés Rios - os chilenos reclamaram de mão. Evander pegou a sobra e chutou do meio da rua. A bola foi entrando vagarosamente no fundo do gol. Clique aqui para conhecer curiosidades do goleiro do Concepción.

Nova trapalhada!

Em noite para se esquecer, Muñoz falhou de novo aos 33 minutos do segundo tempo quando foi tentar interceptar um cruzamento rasteiro e devagar de Rildo e acabou "batendo roupa". Yago Pikachu, esperto, pegou o rebote e empurrou para o fundo da rede. 

Fechou o caixão!

Thiago Galhardo puxou contra-ataque fulminante aos 36 minutos da etapa final, tocou para Rildo e o atacante empurrou para o canto, fechando o caixão dos chilenos.

Perigo!

Em três oportunidades, oriundas de bola parada, o Concepción chegou com perigo. No último lance, brilhou a estrela de Martín Silva, que saiu bem do gol. 

Inacreditável!

Evander poderia ter feito seu terceiro gol no primeiro tempo. Após um contra-ataque, Paulinho chutou cruzado, o goleiro deu rebote e o jovem, embaixo da trave, chutou por cima.

200 vezes Martín Silva

No jogo desta quarta-feira, o goleiro Martín Silva completou 200 jogos com a camisa do Vasco. O uruguaio, atualmente, é a principal referência do time e é idolatrado pela torcida. No Twitter, o clube prestou uma homenagem ao arqueiro.

Incentivo

Antes da partida, os jogadores do Vasco receberam uma carta de incentivo assinada pelo presidente Alexandre Campello e pelos demais membros da diretoria em que o texto enaltecia os feitos históricos do clube, enfatizando as conquistas internacionais. 

Vascaínos marcam presença

Mesmo com o clube vivendo ainda uma situação turbulenta, a torcida do Vasco compareceu em Concepción para apoiar a equipe na estreia na Libertadores.

Cúpula no Chile

A cúpula da nova diretoria do Vasco marcou presença em Concepción para acompanhar a estreia do Vasco na Libertadores. O presidente Alexandre Campello e o presidente do Conselho Deliberativo, Roberto Monteiro, chegaram na noite da última terça-feira (30). Já o vice de futebol, Fred Lopes, e o diretor executivo, Paulo Pelaipe, desembarcaram antes com a delegação.

Juventude no comando

O técnico da Universidad de Concepción, Francisco Bozán, é o treinador mais novo do futebol chileno. Ele tem 31 anos e é ex-jogador.

Ex-Flamengo na área

O auxiliar-técnico de Reinaldo Rueda, Bernardo Redín, compareceu ao estádio para acompanhar de perto os jogadores chileno. Redín e Rueda deixaram o Flamengo recentemente e acertaram com a seleção do Chile.

UNIVERSIDAD DE CONCEPCIÓN 0 X 4 VASCO
Local:
Estádio Municipal de Concepción, Chile
Data/horário: 31/1/2018, 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Leodan González (URU)
Assistentes: Carlos Patorino (URU) e Carlos Barreiro (URU)
Cartões amarelos: Droguett, Portillo (UNI); Ricardo, Desábato, Wellington (VAS)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Evander, aos 2 minutos do primeiro tempo (VAS); Evander, aos 15 minutos do primeiro tempo (VAS); Yago Pikachu, aos 33 minutos do segundo tempo (VAS); Rildo, aos 36 minutos do segundo tempo (VAS)

Universidad de Concepción
Muñoz, Berríos, Martínez, Mencia e De La Fuente; Camargo (Meneses), Manríquez (Portillo), Droguett e Pedro Morales; Huentelaf (Pineda) e Santiago Silva
Técnico: Francisco Bozán

Vasco
Martin Silva, Yago Pikachu, Ricardo, Erazo e Henrique; Desábato, Wellington e Evander (Thiago Galhardo); Wagner, Paulinho e Andrés Rios (Riascos)
Técnico: Zé Ricardo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos