Fabinho vê como "conquista" cair na semi: "viemos da pré da pré-Champions"

Do UOL, em São Paulo

O volante Fabinho disse que chegar até a semifinal da Liga dos Campeões foi uma "conquista" para o Monaco. Eliminado após duas derrotas para a Juventus, o jogador brasileiro ressaltou que o time entrou na competição continental ainda nas fases preliminares e surpreendeu a todos chegando tão longe.

"Saio um pouco triste, claro, mas a gente sabe que ter chegado na semifinal foi uma conquista para a nossa equipe. A gente disputou não foi nem a pré-Champions, foi a pré da pré, então chegar na semifinal foi uma vitória para a gente", afirmou Fabinho ao canal Esporte Interativo.

O Monaco eliminou o Fenerbahçe, da Turquia, na terceira fase preliminar da Liga dos Campeões, e depois o Villarreal, na Espanha, nos playoffs, para se classificar à fase de grupos. Ficou em primeiro do Grupo E e eliminou Manchester City e Borussia Dortmund no mata-mata antes de cair para a Juventus.

Para Fabinho, o ritmo da temporada foi fundamental para as derrotas diante dos italianos. O Monaco também está na briga pelo título do Campeonato Francês, onde lidera com três pontos de vantagem e um jogo a menos que o PSG.

"Acho que pesou um pouco o cansaço. O campeonato a gente tem conseguido levar, pela nossa qualidade conseguimos ganhar os jogos, mas na Champions não deu para ser assim. O treinador até tentou mexer no time de alguma maneira, deixou de lado a Copa da França para ter a equipe bem no campeonato e na Champions League. Agora passou", avaliou.

O meio-campista disse ainda que nem conseguiu comemorar muito o "gol de honra" de Mbappé na derrota por 2 a 1 desta terça-feira (9). No jogo de ida, em casa, o Monaco já havia perdido por 2 a 0.

"Festejar naquele momento estava difícil, a gente levou a bola para o meio, sabia que precisava de mais três gols em uma defesa que, para fazer um, já é quase impossível. Então foi um gol que não deu para comemorar muito", concluiu.

 

UOL Cursos Online

Todos os cursos