Chiellini segura emoção ao falar de Astori: "Pouco dedicar a vitória a ele"

Do UOL, em São Paulo

O zagueiro Giorgio Chiellini quase não conseguiu segurar a emoção ao falar sobre a morte de Davide

Astori. Após a vitória da Juventus sobre o Tottenham, na Liga dos Campeões, o jogador disse ser muito pouco dedicar o triunfo ao ex-jogador da Fiorentina.

"Amanhã será difícil para aqueles de nós que irão ao funeral. Parece-me muito pouco dedicar essa vitória a ele. Seu sorriso e sua positividade eram mais importantes do que qualquer coisa. Espero que a nova seleção italiana continue a crescer com seu exemplo de positividade", disse Chiellini na zona mista depois da partida.

Um minuto de silêncio foi prestado antes da partida válida pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. Durante os 60 segundos, Chiellini e o goleiro Buffon eram os que aparentavam estar mais abalados com a morte de Astori.

Astori foi encontrado morto no último domingo (4) no quarto da concentração da Fiorentina, na cidade de Udine (ITA). A autópsia feita no corpo do jogador apontou a causa da morte como sendo por problemas cardíacos.

Na autópsia foi constatada uma bradiarritmia, doença que atinge o ritmo cardíaco e as contrações do órgão ficam a menos de 60 batimento por minuto. O coração teria diminuído de velocidade até parar de vez.

O funeral de Astori acontecerá na Basílica de Santa Cruz, em Florença (ITA). O enterro será na província de Bérgamo, onde o zagueiro nasceu.

Júlio Gomes: Camisa pesada classifica Juventus

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos