Há 34 anos, Roma tinha Cerezo e Falcão em estreia na semifinal da Champions

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

Classificada às semifinais da Liga dos Campeões após bater o Barcelona por 3 a 0, na última terça-feira (10), no Estádio Olímpico, a Roma repete um feito obtido apenas uma vez em sua história, há 34 anos.

A melhor participação dos italianos ocorreu na temporada 1983-84, quando o torneio ainda tinha outro formato e se chamava Copa da Europa. A Roma estreou em semifinais depois de eliminar o Dynamo Berlin, da Alemanha. Em abril de 1984, a equipe encarou o Dundee United, da Escócia. Perdeu fora de casa por 2 a 0, mas bateu o adversário como mandante por 3 a 0. No placar agregado, avançou à inédita final, mas a perdeu para o Liverpool.

Em campo na campanha histórica da Roma no torneio que deu origem à atual Liga dos Campeões, havia dois brasileiros: Toninho Cerezo e Paulo Roberto Falcão, que na época compunham o meio de campo da seleção brasileira.

A Roma versão 2018, apontada como zebra nos mata-matas da Champions, tem quatro brasileiros em seu elenco; o goleiro Alisson, titular da seleção comandada por Tite, o lateral-direito Bruno Peres, o zagueiro Juan Jesus e o meia Gerson.

Avançar a uma final nesta temporada não só faria a Roma, pelo menos, igualar a sua melhor campanha na Liga dos Campeões como pode provocar um reencontro com o Liverpool na decisão do título, já que os ingleses também avançaram à semifinal após eliminar o Manchester City. A Uefa sorteará os próximos confrontos nesta sexta-feira (13).

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos