CR7 é expulso, mas Juve estreia na Champions com vitória contra o Valencia

Do UOL, em São Paulo

Toda a atenção em Valencia x Juventus, nesta quarta-feira (19), estava voltada para Cristiano Ronaldo. Porém, a estreia do português com a camisa do clube italiano na Liga dos Campeões durou menos de 30 minutos depois que ele recebeu cartão vermelho direto ao se desentender com Murillo. De qualquer forma, a Juve se virou bem mesmo sem o camisa 7, fez dois gols de pênalti com Pjanic já com um jogador a menos e venceu por 2 a 0, fora de casa, no estádio Mestalla. No fim, Szczesny ainda defendeu uma penalidade.

Em aproximadamente meia hora em campo, Ronaldo não criou muito, deu um chute desviado logo no começo do jogo e só. Depois, já vinha se irritando com a arbitragem antes de receber o cartão vermelho.

Com a vitória, o time italiano soma os primeiros três pontos no grupo H, mesma pontuação do Manchester United, que bateu o Young Boys, na Suíça, por 3 a 0. Suíços e espanhóis seguem zerados.

Pela segunda rodada da chave, a Juve não terá Ronaldo e recebe o Young Boys em 2 de outubro, mesmo dia de Manchester United x Valencia.

O melhor: Pjanic

AP Photo/Alberto Saiz
Pjanic fez dois gols para a Juventus contra o Valencia

O volante bósnio foi bem tanto na defesa quanto no ataque, mas se destacou mesmo nas cobranças de pênalti. Quando a Juventus já estava sem Cristiano Ronaldo, Pjanic foi o responsável por bater os dois pênaltis da equipe italiana e mostrou categoria com duas cobranças idênticas e sem chances para Neto. Aos 21 do segundo tempo, ele foi substituído por Douglas Costa.

O pior: Batshuayi

AP Photo/Alberto Saiz
Batshuayi abusou das finalizações para o Valencia

O atacante do Valencia foi mal desde o início do jogo. Batshuayi chutou para o gol de diferentes lugares do campo, a maioria das vezes de qualquer maneira, mas pouco assustou o goleiro Szczesny, que fez apenas uma defesa em finalização do belga. Na etapa final, o camisa 23 deu lugar a Gameiro quando a partida estava 2 a 0.

Khedira perde gol incrível e se machuca

REUTERS/Sergio Perez
Khedira perdeu gol incrível para a Juventus

Os visitantes começaram melhor e tiveram duas boas chances nos primeiros 15 minutos. Primeiro, Mandzukic mandou rente ao travessão, e depois Khedira perdeu um gol incrível livre dentro da área e na frente do goleiro Neto. Mais tarde, o volante alemão se lesionou e foi substituído por Emre Can.

Cristiano Ronaldo é expulso

REUTERS/Heino Kalis
Cristiano Ronaldo foi expulso ainda no primeiro tempo

Já aos 29 minutos, veio a expulsão de Ronaldo. O camisa 7 se enroscou na área com Murillo, que caiu no gramado e reclamou de agressão do atacante. No momento da jogada, a bola estava na lateral esquerda do campo de ataque do time italiano. O português chegou a ironizar a queda do adversário e apertou a cabeça do defensor com a mão.

O árbitro alemão Felix Brych ouviu o que o auxiliar ao lado do gol tinha a dizer e decidiu dar o cartão vermelho para o português. O defensor do Valencia seguiu em campo e não foi advertido nem com o amarelo pelo lance. Ronaldo ficou inconformado com a decisão e deixou o campo chorando.

Juve abre o placar com pênalti

Mesmo com um a menos, foram os italianos que abriram o placar. Aos 44 minutos, Parejo levantou o pé e acertou Cancelo. Pênalti para a Juventus. Pjanic bateu firme e deixou a Velha Senhora em vantagem.

Duas vezes Pjanic

REUTERS/Heino Kalis
Pjanic marcou dois gols de pênalti

Os italianos voltaram para o segundo tempo e precisaram de cinco minutos para ampliarem a vantagem. Bonucci foi agarrado na área por Murillo após cobrança de escanteio. Mais um pênalti e amarelo para o defensor. Pjanic foi de novo para a bola e bateu bem no canto esquerdo de Neto, que até acertou o lado, mas não alcançou.

Pressão do Valencia

Os donos da casa saíram mais para o jogo depois de sofrerem o segundo gol e pressionaram os italianos. Foram mais de 20 chutes a gol, chances criadas e até um pedido de pênalti. Bonucci puxou Gabriel Paulista durante cruzamento para a área, mas o juiz mandou seguir.

Douglas Costa entra, mas se lesiona

Depois de cuspir em um adversário na partida contra o Sassuolo, no último fim de semana, o brasileiro Douglas Costa começou no banco de reservas nesta quarta. O jogador recebeu punição de quatro partidas da federação italiana, mas o gancho só é válido em competições nacionais. Na etapa final contra o Valencia, ele entrou no lugar de Pjanic, mas se lesionou após uma finalização, deixou o campo amparado pelos médicos e precisou ser substituído por Rugani.

Szczesny defende pênalti

Nos acréscimos, ainda deu tempo do árbitro marcar o terceiro pênalti da partida, de Rugani em Gameiro. Parejo foi para a bola e bateu forte, mas o goleiro da Juventus fez a defesa antes do apito final.

FICHA TÉCNICA
VALENCIA 0 X 2 JUVENTUS

Data e hora: 19/9/2018 (quarta-feira), às 16h (de Brasília)
Local: estádio Mestalla, em Valência (ESP)
Árbitro: Felix Brych (ALE)
Auxiliares: Mark Borsch (ALE) e Stefan Lupp (ALE)
Cartões amarelos: Parejo, Murillo e Vezi (Valencia); Alex Sandro (Juventus)
Cartão vermelho: Cristiano Ronaldo (Juventus)
Gols: Pjanic, aos 44 do primeiro tempo e aos 5 do 2º tempo

VALENCIA: Neto; Vezo, Gabriel Paulista, Murillo e Gayà; Wass, Parejo, Soler e Guedes (Santi Mina); Batshuayi (Gameiro) e Rodrigo.
Técnico: Marcelino

JUVENTUS: Szczesny; Cancelo, Bonucci, Chiellini e Alex Sandro; Pjanic [Douglas Costa (Rugani), Khedira (Emre  Can) e Matuidi; Bernardeschi, Mandzukic e Cristiano Ronaldo.
Técnico: Massimiliano Allegri

UOL Cursos Online

Todos os cursos