Na mira de Tite, Allan tem sucesso como sombra de Neymar: "estudei muito"

João Henrique Marques

Do UOL, em Paris

  • Anne-Christine POUJOULAT/AFP

    Allan não deu espaço para Neymar no duelo entre PSG e Napoli

    Allan não deu espaço para Neymar no duelo entre PSG e Napoli

A julgar pela participação do volante Allan no empate por 2 a 2 entre Paris Saint-Germain e Napoli, na noite de quarta-feira, no Parque dos Príncipes, pela Liga dos Campeões, a convocação para a seleção brasileira está mais próxima. O jogador foi um dos destaques da partida fazendo sombra a Neymar e tendo sucesso também em duelos contra o novo astro francês, Kylian Mbappé.

Allan terminou a partida como o jogador com o maior número de desarmes: 7 no total. Sendo 4 deles em duelos com Neymar.

Gonzalo Fuentes/Reuters
O volante brasileiro pareceu figura onipresente em campo. Muitos dos desarmes foram em ações de contra-ataque do time francês. Seu jogo foi limpo, com apenas 3 faltas cometidas, e todas sem virilidade.

"Gostei da minha atuação e de ter a chance de encarar Neymar e Mbappé. Estudei bastante eles e saio satisfeito não só com a minha produção, mas como a do time. Pena que sofremos um gol no final que nos impediu de vencermos", destacou Allan.

Na mira de Tite

Allan vem sendo acompanhado de perto pelo auxiliar técnico Sylvinho e é forte candidato para a relação de jogadores visando os amistosos do Brasil em novembro.

"Há um clamor, monitoramos isso, mas não vamos chamar por chamar. Queremos ver se encaixa aqui, se está performando como imaginamos. Hoje ele está muito no radar", confirmou Sylvinho recentemente.

"Minha cabeça tem que estar no Napoli. Claro que me sinto em condições e fico esperançoso. Mas posso garantir que meu trabalho está sendo feito pensando no sucesso do meu time no Campeonato Italiano e Liga dos Campeões", avisou Allan.

Desde 2015 no Napoli, Allan se tornou peça fundamental na equipe italiana. Sob o comando de Carlo Ancelotti, o meio-campista tem equilibrado de melhor forma as funções defensivas e ofensivas, chamando a atenção pelo desempenho neste início de temporada.

Allan teve recentemente o nome ventilado para entrar com um processo de naturalização, a fim de defender a Itália. O caso lembra o de Jorginho (Chelsea), também destaque no Napoli e que acabou aceitando jogar pela seleção tetracampeã mundial, apesar de constar no radar de Tite.

UOL Cursos Online

Todos os cursos