Topo

Esporte


Liverpool vence com gol de Salah, elimina Napoli e avança na Champions

Do UOL, em São Paulo

2018-12-11T19:54:43

11/12/2018 19h54

O Liverpool está nas oitavas de final da Liga dos Campeões. A equipe venceu o Napoli por 1 a 0 nesta terça-feira (11), com gol de Salah, e garantiu sua classificação para a próxima fase.

Atual vice-campeão do principal torneio europeu, o Liverpool fechou a primeira etapa com nove pontos e a segunda colocação do Grupo C. A pontuação é exatamente a mesma obtida pelo Napoli, mas os ingleses levaram vantagem nos critérios de desempate.

O Paris Saint-Germain, que se viu ameaçado em alguns momentos ao longo da primeira fase, se classificou na liderança com 11 pontos. Em jogo realizado também nesta terça, no mesmo horário, Neymar e companhia venceram o Estrela Vermelha por 4 a 1.

O melhor: Salah

Clive Brunskill/Getty Images
Imagem: Clive Brunskill/Getty Images

Protagonista do Liverpool e nome do jogo, Salah abriu o placar aos 33 minutos, quando passou por Koulibaly, ignorou o marcador que o segurava e chutou cruzado para a rede, sem cair.

O egípcio se redimiu após perder a primeira grande chance da partida. Aos sete minutos, Robertson cruzou com perfeição e encontrou Salah. Livre de qualquer obstáculo, o atacante poderia até ter chutado de primeira, mas falhou no domínio e devolveu a bola para Ospina.

Outros dois lances foram frutos do azar de Hamsik. No primeiro erro do meia do Napoli, Salah encontrou Firmino, que foi travado no momento da conclusão. Pouco depois, aos 32 do primeiro tempo, o egípcio tentou cruzar rasteiro, mas a zaga cortou.

Por fim, aos 40 do segundo tempo, Salah roubou a bola e deu um toque milimetricamente certeiro para Mané, que não aproveitou e chutou para fora.

O pior: Insigne

A estrela não brilhou. Ao optar por uma estratégia de bola aérea, o Napoli limitou as chances dos "baixinhos" Insigne e Mertens, que desapareceram diante dos altos defensores do Liverpool. Mesmo assim, esperava-se uma jogada inspirada de um deles.

Era o que se esperava, mas não foi o que aconteceu. Diante da ineficiência dos colegas, Hamsik até tentou arriscar de longe, mas tirou tinta do travessão.

Alisson faz milagre nos acréscimos

Carl Recine/Reuters
Imagem: Carl Recine/Reuters

O goleiro brasileiro fez uma defesa que valeu mais que um gol. Depois de uma falha defensiva de Fabinho, Milik saiu na cara do gol do Liverpool, aos 47 do segundo tempo, e foi barrado por Alisson. Naquele momento, um empate classificaria o Napoli.

Agressivo, Van Dijk se torna desfalque

Carl Recine/Reuters
Imagem: Carl Recine/Reuters

Para bem ou para mal, Van Dijk foi o cão de guarda vermelho. Aos 47, Mertens recebeu um lançamento entre os defensores do Liverpool e fez a torcida do Napoli se levantar, mas o zagueiro holandês fez o corte com firmeza.

Mas ele nem sempre foi limpo nas divididas. Em um dos lances mais marcantes do jogo, Van Dijk deu um carrinho forte em Mertens, acertando a canela do belga, e levou cartão amarelo. Como já estava pendurado, perderá o próximo compromisso da Champions.

O adversário precisou de atendimento médico, mas, felizmente, não teve complicações.

A torcida do Liverpool, que era franca maioria nas cadeiras de Anfield, passou a vaiar Mertens sempre que podia. Sem acesso ao replay em diferentes ângulos, estes torcedores pensaram que o jogador do Napoli tinha simulado suas dores.

Porém, tudo indica que Henderson não gostou nada do carrinho de Van Dijk e discutiu intensamente com o colega. Não dá para saber o que o desagradou mais entre a imprudência do lance violento e o fato de que o zagueiro perderá o primeiro jogo das oitavas.

O drama se instalou cedo demais

reprodução/Esporte Interativo
Imagem: reprodução/Esporte Interativo

Somado à notícia de que o PSG já vencia o Estrela Vermelha, o gol de Salah significava que, naquele momento, o Napoli precisava apenas empatar para voltar ao páreo. No entanto, foi como um banho de gelo para a torcida italiana: as câmeras flagraram um torcedor chorando copiosamente aos 38 minutos do primeiro tempo. A imagem virou assunto na internet.

Liverpool tem gol bem anulado

Os Reds poderiam ter aberto o placar mais cedo, mas Mané estava em posição irregular quando colocou a bola na rede aos 21 do primeiro tempo. Gol bem anulado pela arbitragem eslovena.

Napoli se desespera e se expõe

Ciente de que precisava de um empate a qualquer custo, o time italiano se expôs demais nos últimos 20 minutos da partida e abriu caminho para o Liverpool. A sorte do Napoli é que o rival não aproveitou. Aos 25, Mané parou em Ospina; nos acréscimos, chutou para fora.

FICHA TÉCNICA
LIVERPOOL 1 X 0 NAPOLI

Data e hora: 11 de dezembro de 2018, às 18h
Local: Anfield, em Liverpool (Inglaterra)
Árbitro: Damir Skomina (Eslovênia)
Auxiliares: Jure Paptrotnik e Robert Vukan (ambos da Eslovênia)
Cartões amarelos: Van Dijk, Salah, Robertson, Mané (Liverpool); Koulibaly (Napoli)
Gols: Salah, aos 33 minutos do primeiro tempo (Liverpool)

LIVERPOOL: Alisson; Alexander-Arnold (Lovren), Matip, Van Dijk e Robertson; Wijnaldum, Henderson e Milner (Fabinho); Salah, Firmino (Keita) e Mané
Técnico: Jurgen Klopp

NAPOLI: Ospina; Maksimovic, Albiol, Koulibaly e Mario Rui (Ghoulam); Allan, Hamsik e Fabian Ruiz (Zielinski); Callejon, Mertens (Milik) e Insigne
Técnico: Carlo Ancelotti

Mais Esporte