Roger Machado vê Palmeiras cada vez mais "fortalecido como equipe"

Do UOL, em São Paulo (SP)

Transformar um elenco com grandes nomes em um time de espírito coletivo e competitivo. Essa é a grande meta de Roger Machado no Palmeiras. E, depois de seis jogos e seis vitórias à frente do clube, o técnico já começa a ver essas características no Verdão. A vitória por 2 a 0 sobre o Mirassol na noite deste sábado, pela sexta rodada do Campeonato Paulista, foi tomada como exemplo.

"Quando os atletas estão bem dentro do coletivo, várias individualidades vão se sobressair. A gente tenta buscar o equilíbrio, um ambiente saudável, atividades que valorizem os jogadores. Isso faz com que eles se desenvolvam como atletas, faz com que eles se envolvam de forma completa. O time está cada vez mais fortalecido como equipe, passando por dificuldades como as de hoje (sábado)", analisou o treinador, que prosseguiu:

"É uma conta simples. Não posso atacar com oito e defender com cinco. A linha defensiva é importante para o time ir ao ataque com qualidade, então preciso que os da frente ajudem na composição defensiva. É assim que se constrói o time campeão. O jogo se decide pelo ataque. O campeonato, por uma defesa solida".

O aproveitamento de 100% na temporada pode até empolgar a torcida, mas Roger precisa ir na contramão, mesmo com tantos números a favor. Além da campanha perfeita em pontos, o Palmeiras ostenta o melhor ataque e a melhor defesa do Paulistão - 13 gols marcados e apenas três sofridos. 

"É tentar trabalhar jogo a jogo. Com os pontos conquistados nesse jogo, em que chegamos à metade da fase classificatória, ainda podemos ser alcançados. E existe ainda a vantagem de jogar em casa nas fases finais, quando a pontuação continuar contando. Então é importante manter o foco", ressaltou, completando com elogios às opções para manter o nível de atuação da equipe com o banco de reservas:

"É bom que a gente tenha sempre um banco forte. Promovo as alterações para manter o ritmo daqueles que começaram, para pegar as defesas mais cansadas, para decidir os jogos, para manter o placar. Sabemos que são seres humanos com necessidades, atletas de carreira curta e que precisam jogar. Mas podemos mostrar que todos são importantes para o processo. Isso nos ajuda".

Na próxima quinta-feira, às  21h, o Palmeiras volta a campo para a sétima rodada do Paulistão. O adversário será o Linense, no Allianz Parque.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos