Corintianos dizem "saber jogar fora de casa" e apostam em reviravolta

Diego Salgado e Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

A derrota por 1 a 0 para o Palmeiras neste sábado (31), em casa, dificulta a vida do Corinthians na final do Campeonato Paulista. Os alvinegros, no entanto, apostam em uma reviravolta no estádio rival e mantém as esperanças de título.

"Muitas vezes saímos vitoriosos de lá, então não tem nada perdido", garante o goleiro Cássio, referindo-se às vitórias corintianas sobre o rival no Allianz Parque. "A grande diferença é que agora vamos ter a semana livre. A gente vai poder descansar", afirma, lembrando que o Palmeiras tem compromisso pela Copa Libertadores nesta terça-feira.

"Temos a cabeça tranquila. A disputa está aberta e temos que correr atrás para ser campeão. O Corinthians sabe jogar fora de casa também. Hoje não construímos muito, mas ainda tem 90 minutos", diz Gabriel.

Como admite o volante, o time alvinegro pouco produziu durante o clássico. O gol palmeirense saiu cedo, com Borja. A partir daí o Corinthians passou a ter mais posse de bola, sem no entanto criar muitas oportunidades de gol. O empate não ficou tão longe durante o primeiro tempo, mas no segundo a pressa corintiana foi um obstáculo considerável. Agora o time de Carille terá que tomar a iniciativa no Allianz Parque, a partir das 16 horas (de Brasília) do domingo que vem (8 de abril).

O discurso de Fagner é parecido, e o lateral repete que "não acabou nada, tem muita coisa pela frente". Balbuena pensa de forma idêntica. "Futebol é assim, tem outro jogo ainda na semana que vem, e ainda vamos tentar reverter e conquistar o título", afirma.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos