Prefeito se revolta com árbitro de vídeo e diz: Salgueiro deixará a Série C

Do UOL, em São Paulo

Prefeito da cidade de Salgueiro e presidente de honra do clube, Clebel Cordeiro se revoltou com o gol de seu time anulado pelo árbitro de vídeo na final do Campeonato Pernambucano, nesta quarta-feira (28). Após a derrota por 1 a 0 para o Sport, que deu o título ao clube rubro-negro, o político afirmou que o clube do interior não entrará mais em campo na Série C como forma de protesto contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

"É muito feio isso, o Sport não precisa disso. É vergonhoso. O Salgueiro não existe mais para a federação pernambucana e para a CBF. O Salgueiro não entra em campo mais na Série C", disse Clebel, que é prefeito pelo PMDB.

O lance que causou a revolta foi um gol anulado do Salgueiro no segundo tempo, após cobrança de escanteio. Após cinco minutos de paralisação para consulta das imagens do vídeo, a equipe de arbitragem considerou que a bola havia feito a curva por fora e saído de campo antes de chegar à área. As câmeras, porém, não proporcionaram ângulos que possibilitassem uma conclusão definitiva sobre a jogada.

UOL Cursos Online

Todos os cursos