Copa 2018

Com D. Costa machucado, Brasil só tem menos problemas médicos que a França

Lucas Figueiredo/CBF
Douglas Costa sofreu lesão muscular no fim de semana Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Danilo Lavieri, Dassler Marques e Pedro Ivo Almeida*

Do UOL, em Teresópolis

24/05/2018 04h00

A lesão muscular de Douglas Costa, informada pelo médico Rodrigo Lasmar na quarta-feira (23), faz com que a seleção brasileira chegue a cinco problemas médicos recentes a três semanas da estreia da Copa do Mundo. Se consideradas as outras seis principais candidatas ao título (Alemanha, Argentina, Espanha, França, Inglaterra e Portugal), a lista só é menor que a dos franceses (veja a relação completa no fim da matéria). 

Confira a tabela completa e o calendário de jogos
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
DOC: a Rússia Gay que não pode sair do armário

A equipe de Didier  Deschamps perdeu dois membros do grupo (Payet e Koscielny) e ainda tem preocupações expressas com outros quatro (Mendy, Sidibé, Umtiti e Dembélé), mas não fica muito à frente do Brasil de Tite, que tem uma relação de cinco problemas. 

A lista do Brasil começa com o seu principal craque. Neymar operou o pé direito em março e, desde então, não entrou em campo. Na Granja Comary, ele tem se recuperado com uma rapidez acima do esperado pela comissão técnica, mas ainda não tem previsão de estar 100% e nem de quanto tempo poderá atuar nos amistosos contra Croácia e Áustria, nos dias 3 e 10 de junho.

Ele é o único titular que preocupa Tite. Na sequência, vem Douglas Costa. O atacante que se destacou contra a Alemanha e Rússia, nos amistosos de março, surgia como grande opção para mudar partidas em que o time tivesse problemas de criatividade e principalmente precisasse de um jogador veloz pelas pontas. O jogador da Juventus, no entanto, se apresentou com uma lesão na coxa, sofrida no fim de semana passado, e não teve a previsão de retorno divulgada. Ao menos a princípio, o corte para o Mundial é descartado.

As duas laterais completam a lista dos jogadores que merecem atenção. Fagner é o mais grave. Ele teve uma lesão de grau dois na coxa durante uma partida pelo Brasileirão e não irá a campo nos primeiros dias de treinamentos da seleção. É provável que sua primeira aparição em campo seja apenas a partir da próxima semana, quando a delegação já estará em Londres.

Do outro lado do campo, a dor de cabeça de Tite está com Filipe Luís, reserva de Marcelo. O lateral esquerdo quebrou a fíbula da perna esquerda em março e voltou a jogar dias antes de se apresentar à seleção, com só dois jogos realizados. Ele tem seguido uma programação especial em Teresópolis e, a princípio, não deve virar problema.

Antes disso, claro, a seleção brasileira teve seu maior problema. Afinal, algo irremediável: com lesão no joelho direito na final da Copa da França, Daniel Alves acabou de fora da lista de 23 jogadores para o Mundial. Sem o titular absoluto, e com o reserva imediato lesionado, Tite deve dar sequência a Danilo no começo da preparação.

A temporada, vale lembrar, ainda tem um jogo importantíssimo no sábado (26). Real Madrid e Liverpool decidem a final da Liga dos Campeões em Kiev, na Ucrânia. A torcida de Tite e sua comissão técnica será para que Marcelo, Casemiro e Firmino não tenham qualquer problema - eles são esperados na segunda (28), em Londres. 

Confira a lista de problemas das principais seleções da Copa

Problemas na Alemanha - dois

Neuer (se recupera de fratura no pé) e Boateng (se recupera de lesão na coxa)

Problemas na Argentina - quatro

Sergio Romero (fora da Copa), Mercado e Biglia (se recuperam de lesão nas costas) e Agüero (se recupera de lesão no joelho)

Problemas na Espanha - um

Carvajal (retornou de lesão na coxa)

Problemas na França - seis

Koscielny e Payet (fora da Copa), Dembélé (se recupera de entorse no tornozelo), Mendy (retornou de cirurgia no joelho), Umtiti (se recupera de lesão na coxa) e Sidibé (se recupera de lesão no joelho) 

Problemas na Inglaterra - dois

Oxlade-Chamberlain e Lallana (fora da Copa)

Problemas em Portugal - dois

Danilo (fora da Copa) e Guerreiro (retornou de lesão na coxa)

* Colaboraram: Caio Carrieri, João Henrique Marques e Marcus Alves

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo