Topo

Croácia

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

Apesar de corte na Croácia, elenco e técnico ressaltam bom clima na seleção

Alex Livesey/Getty Images
Luka Modric comemora o segundo gol da Croácia contra a Nigéria Imagem: Alex Livesey/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

19/06/2018 11h33

O corte do atacante Nikola Kalinic da Copa do Mundo não abalou o bom clima na seleção croata. É o que dizem os atletas e o técnico do time. “Somos uma grande equipe, a atmosfera é muito melhor do que nas competições anteriores”, afirmou o volante Mateo Kovacic em entrevista coletiva nesta terça-feira (19).

Segundo o treinador Zlatko Dalic, Kalinic foi cortado porque se recusou a entrar em campo após iniciar o jogo no banco de reservas durante a vitória por 2 a 0 sobre a Nigéria no sábado (16).

Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
- De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

Teria sido a terceira vez seguida que o jogador não quis participar de uma partida depois de não figurar entre os titulares. O atacante alegou que sentia dores nas costas e não tinha condições de jogo.

“Isso já tinha acontecido. Eu preciso de jogadores saudáveis, jogadores prontos, e mandei ele para casa porque não está pronto”, explicou o técnico.

Dalic negou, porém, que a decisão de afastar o jogador tenha prejudicado a equipe. “A atmosfera é fantástica. O evento atual não nos atrapalhou. Isso não vai nos afetar, estamos respirando como um”, declarou o treinador em entrevista coletiva na segunda (18) para falar sobre o caso.

A Croácia enfrenta a Argentina na segunda rodada do grupo D e mantém o otimismo. “Não precisamos ter muito medo, acho que somos tão bons como eles, exceto Messi. Somos respeitados, mas temos que começar a olhar para nós mesmos, não apenas para os outros”, acrescentou Kovacic. 

As duas equipes se confrontam na quinta-feira (21), às 15h (horário de Brasília) em Níjni Novgorod. Se vencer, a seleção croata, líder da chave, praticamente garante a vaga nas oitavas de final e, de quebra, complica muito a situação dos rivais argentinos, que empataram por 1 a 1 contra a Islândia, estreante no Mundial.

Mais Croácia