Copa 2018

Portugal leva sufoco do Marrocos, mas é salvo por CR7 e vence a 1ª na Copa

Do UOL, em São Paulo (SP)

20/06/2018 10h53

Marrocos pressionou, apertou o adversário para perto de seu gol e dominou quase toda a partida. Mas Portugal tem Cristiano Ronaldo. E quem tem um craque deste calibre está sempre mais perto da vitória. Nesta quarta-feira (20), o camisa 7 foi mais uma vez decisivo, precisando de apenas 4 min para balançar as redes e garantir o triunfo de sua seleção por 1 a 0, em partida disputada no estádio Luzhniki, em Moscou, e válida pela segunda rodada do grupo B da Copa do Mundo.

Assista aos gols de Portugal 1 x 0 Marrocos
- CR7 e o time de um homem só: vitória mostra Ronaldo maestro de Portugal
- Simule os classificados e o mata-mata do Mundial

Em um jogo em que sofreu defensivamente e dependeu de duas defesas de Rui Patrício para sair com o resultado positivo, Portugal chegou a sua primeira vitória na competição e agora fica em confortável situação na chave. Depois de empatar contra a Espanha na estreia, o atual campeão europeu tem quatro pontos e assume a liderança. Espanha (um ponto) e Irã (três) fecham a segunda rodada nesta quarta, a partir das 15h (de Brasília), em Kazan.

Na última rodada, a equipe de Cristiano Ronaldo enfrenta o Irã na próxima segunda-feira, às 15h, em Saransk. Espanhóis e marroquinos jogam na mesma data e horário, na cidade de Kalingrado.

Quem foi bem: Cristiano Ronaldo

Carl Recine/Reuters
Eu estou aqui! Cristiano Ronaldo chegou a quatro gols e segue tranquilo como artilheiro da Copa do Mundo Imagem: Carl Recine/Reuters

Até agora, ele é 'o cara' da Copa de 2018. Dois jogos, duas vezes decisivo. Impossível não se render ao início de Mundial de Cristiano Ronaldo. O atual melhor jogador do mundo precisou de menos de 5 min para inaugurar o marcador. São quatro gols em duas rodadas, e mais uma artilharia de competição bem encaminhada. Se Portugal pode sonhar em ir longe, esta projeção passa pelo faro de gol (apuradíssimo no momento) do seu craque.

Quem foi mal: Bernardo Silva

Dono de uma temporada excelente no Manchester City, Bernardo Silva surgia como principal candidato a coadjuvante de luxo de Cristiano Ronaldo na Copa do Mundo. O status, porém, não se justificou após dois jogos. Diante de Marrocos, o jogador teve atuação apagada, errando quase todas as ações ofensivas. Saiu com menos de 15 min da etapa complementar para a entrada de Gelson Martins.

Quem para o 'Robozão'?

Cristiano Ronaldo está impossível na Rússia. Não bastassem os três gols diante da favorita Espanha na estreia, o craque português precisou de apenas 4 min para novamente balançar as redes. Após cruzamento de escanteio, o centroavante se deslocou e cabeceou sozinho para abrir o placar. O artilheiro da Copa, de quebra, se tornou o europeu com mais gols por uma seleção nacional, superando o húngaro Puskas.

Ronaldo + 10

Carl Recine/Reuters
Bernardo Silva teve atuação apagada e saiu do jogo antes da metade do 2º tempo Imagem: Carl Recine/Reuters

Cristiano Ronaldo é um fenômeno. Entretanto, para Portugal realmente cogitar a briga pelo título da Copa do Mundo, não basta apenas o faro de gol apuradíssimo do jogador do Real Madrid. A equipe de Fernando Santos tem nomes talentosos como Bernardo Silva, João Mário e Gonçalo Guedes, além da vasta experiência de João Moutinho (112 jogos pela seleção lusa). Entretanto, até aqui, o quarteto não correspondeu. Vai ficar difícil só com o ‘robozão’.

Ronaldo + Rui Patrício + 9

Portugal só não foi exclusivamente de Cristiano Ronaldo contra os marroquinos porque Rui Patrício apareceu de maneira decisiva. No início do segundo tempo, em momento de maior pressão do adversário, o goleiro do Sporting justificou a posição de titular. O lance, candidato à melhor defesa do Mundial, veio aos 12 min, quando Belhanda cabeceou e o camisa 1 impediu o empate.

Carl Recine/Reuters
Rui Patrício fez grande defesa e salvou Portugal de sofrer o empate no segundo tempo Imagem: Carl Recine/Reuters

Marrocos cresce com a desvantagem

Assim como na estreia diante do Irã, o Marrocos apresentou volume de jogo e assustou. Passado o início ruim com o gol de Cristiano Ronaldo, a equipe africana cresceu e terminou melhor o primeiro tempo, especialmente quando explorava a ala direita com Nordin Amrabat. A defesa portuguesa, nesta quarta-feira, se mostrou segura diante das investidas longas do adversário.

Jogo reativo desde o início

O gol logo cedo permitiu a Portugal atuar da forma em que se sente confortável: defesa segura e jogo de bolas longas para explorar Cristiano Ronaldo. A postura incomodou, inclusive, o craque, que constantemente foi flagrado pedindo para os companheiros subirem a marcação a fim de pressionar a defesa marroquina. Em vão, já que os portugueses se mantiveram fechadinhos e apenas ameaçando em contra-golpes.

CR7 x Messi: marroquinos escolhem lado

Personagem decisivo da partida, Cristiano Ronaldo foi perseguido pela torcida marroquina durante boa parte do jogo. O craque português foi vaiado a todo momento em que pegou na bola ou viu seu nome no telão. Ainda teve que conviver com os gritos de "Messi". E olha que a Argentina está em Nizhny Novgorod, a mais de 400 km de Moscou, local do jogo desta quarta.

Primeiro eliminado da Copa

 Dean Mouhtaropoulos/Getty Images
Depois de duas derrotas, Marrocos não tem chance de se classificar para a fase oitavas de final Imagem: Dean Mouhtaropoulos/Getty Images

A segunda derrota em dois jogos eliminou Marrocos da Copa do Mundo. Zerada na classificação, a equipe africana só poderia chegar a três pontos na rodada final. Portugal já tem quatro, e Espanha (com um) ou Irã (três) ultrapassará a marca com o resultado do confronto entre as duas seleções nesta quarta.

FICHA TÉCNICA
PORTUGAL 1 x 0 MARROCOS

Local: Estádio Luzhniki, em Moscou (Rússia)
Data: 20 de junho de 2018 (quarta-feira)
Horário: 9h (de Brasília)
Árbitro: Mark Geiger (Estados Unidos)
Assistentes: Joe Fletcher (Canadá) e Frank Anderson (Estados Unidos)
Cartões Amarelos: Adrien Silva (Portugal); Benatia (Marrocos)

Gols:
PORTUGAL: Cristiano Ronaldo, aos 4min do 1º tempo

PORTUGAL: Rui Patrício; Cédric, Pepe, Fonté e Raphael Guerreiro; William Carvalho e João Moutinho (Adrien Silva), Bernardo Silva (Gelson Martins), Gonçalo Guedes e João Mário (Bruno Fernandes); Cristiano Ronaldo.
Técnico: Fernando Santos.

MARROCOS: El Kajoui; Dirar, Benatia, Da Costa e Hakimi; El Ahmadi (Fajr) e Boussoufa; N. Amrabat, Belhanda (Carcela)
e Ziyach; Boutaib (El Kaabi).
Técnico: Herve Renard.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo