Brasil

Presidente da CBF se envolve em briga; assessor agride torcedor com vidro

Pedro Ivo Almeida/UOL
Fachada do restaurante em São Petersburgo, palco da discussão que terminou em agressão de dirigentes da CBF Imagem: Pedro Ivo Almeida/UOL

Pedro Ivo Almeida e Pedro Lopes

Do UOL, em São Petersburgo (Rússia) e São Paulo

21/06/2018 19h30

O gerente do restaurante Stroganoff Steak House, em São Petersburgo, na Rússia, acusa funcionários da CBF que acompanhavam o presidente Coronel Nunes de agressão a um torcedor com um copo de vidro. A informação foi publicada pelo jornal O Globo e confirmada pelo UOL Esporte. De acordo com Andrey Filatov, um dos funcionários da entidade que comanda o futebol brasileiro quebrou um copo na cabeça de um torcedor durante um tumulto geral.

De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual
- O hexa vem dessa vez? O que os videntes preveem para o Brasil no Mundial?
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil

De acordo com o relato, confirmado pela reportagem com pessoas presentes, o assessor da presidência conhecido como "Giba" protagonizou uma confusão generalizada, que espantou os clientes do local e teve mais de um copo arremessado. Foi necessária intervenção policial, assim como cuidados médicos ao torcedor atingido. A casa fechou antes do horário habitual por causa do episódio. Funcionários e o gerente ficaram bastante exaltados e revoltados com o comportamento exibido pelos cartolas brasileiros.

Os brasileiros deixaram o local antes da chegada da polícia, contrariando pedidos do restaurante para que permanecessem. A reportagem conseguiu contato com o presidente da comissão de médicos da CBF, Jorge Pagura, que esteve no restaurante. Ele confirmou que houve um incidente, mas não quis dar detalhes do ocorrido ou de quem foram exatamente os envolvidos.

Um segundo integrante da comitiva da CBF presente ao local confirmou a confusão. Segundo relato dos cartolas, um torcedor "alterado" agrediu verbalmente o presidente da CBF, Coronel Nunes. O dirigente não gostou e retrucou, sendo agredido. Foi então que o assessor Giba entrou na briga e quebrou um copo de vidro na cabeça do torcedor.

Esta não é a primeira confusão envolvendo a CBF desde o início da preparação. Ainda no Brasil, a entidade se enrolou com a lista de convocados a ser enviada à Fifa e desfalcou o Palmeiras, com Dudu, em jogo importante da Copa do Brasil. Já na Rússia, no episódio mais grave, Coronel Nunes, presidente da entidade, quebrou um acordo com a Conmebol e votou em Marrocos, e não na candidatura de EUA, México e Canadá, na eleição para sede da Copa de 2026. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Brasil

Topo