Topo

Copa 2018


Último ritual viking da Copa tem até croatas 'infiltrados' na festa

Khaled DESOUKI/AFP
Imagem: Khaled DESOUKI/AFP

Do UOL, em São Paulo

2018-06-26T17:32:07

26/06/2018 17h32

A participação da Islândia nesta Copa do Mundo é histórica por vários fatores, um deles é o “haka dos vikings”, comemoração em que os torcedores batem palmas ritmadas. Nesta terça-feira (26), após a derrota para a Croácia por 2 a 1, os islandeses tiveram até a adesão dos rivais na saudação à equipe.

Simule resultados da última rodada e quem vai às oitavas 
Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

Vários croatas presentes na Arena Rostov aderiram à festa e bateram palmas juntos aos islandeses. É a última vez que os vikings protagonizam a comemoração neste Mundial, afinal acabaram eliminados na fase de grupos.

A Islândia estreou na Copa do Mundo de forma surpreendente, tendo segurado empate com a Argentina de Messi e cia. Depois foi derrotada pela Nigéria, e nesta terça perdeu mais uma, apesar de ter batalhado muito contra a Croácia.

Os croatas, de fato, têm muito a comemorar. Ficaram na primeira colocação do grupo D e voltam ao mata-mata do Mundial após 20 anos de ausência. Nas oitavas de final a Croácia pega a Dinamarca, às 15 horas (de Brasília) deste domingo (1º).

Mais Copa 2018